Higiene Ocupacional - EAD - pecepoli

TENHO INTERESSE - Especialização
Higiene Ocupacional – EAD

Pacman


Dúvidas?
Para maiores informações, por favor, entrar em contato com a nossa Central de Apoio ao Aluno:
Atendimento online: de segunda-feira à sexta-feira, das 08h30 às 20h00.
E-mail: atendimento@pecepoli.com.br

Especialização

Higiene Ocupacional – EAD

Um curso a distância que abrange todos os aspectos da Higiene e da Engenharia de Saúde Ocupacional, visando à formação de higienistas com foco na atuação preventiva.

• Carga Horária Total
420h
• Duração
24 meses
• .
. - .

Conteúdo

Estrutura curricular

O Curso de ESPECIALIZAÇÃO EM HIGIENE OCUPACIONAL realizado na modalidade a distância (EAD semipresencial), teve seu currículo elaborado em consonância com diretrizes discutidas com técnicos especializados da FUNDACENTRO e com membros da Diretoria da ABHO, envolvendo professores de diversos Departamentos da EPUSP e da Faculdade de Saúde Pública da USP – FSP e Especialistas renomados. Este currículo envolve apenas módulos obrigatórios, visando a obtenção de certificação da ABHO pelos participantes certificados pelo PECE/EPUSP.

A carga horária total deste curso de ESPECIALIZAÇÃO EM HIGIENE OCUPACIONAL é de 360 (trezentas e sessenta) horas, divididas em 12 (doze) disciplinas, que abordam legislação, amostragem, avaliação, controle, doenças do trabalho, epidemiologia, atividades industriais, agentes Físicos, Químicos, Biológicos e Ergonomia, bem como a correlação entre higiene e meio ambiente.

É ministrada, também, uma disciplina de Monografia com carga horária de 60 horas.

As atividades de laboratório, com demonstrações e manuseio de instrumentos, utilizarão instalações e equipamentos do Laboratório de Controle Ambiental, Higiene e Segurança do Trabalho na Mineração – LACASEMIN do Departamento de Engenharia de Minas e de Petróleo – PMI da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – EPUSP.

Duração

O prazo máximo para a conclusão do curso é de dois anos (24 meses).

Disciplinas

Introdução ao curso: informações gerais, regras, regimento, etc.
Introdução geral à higiene.
Introdução e conceituação de higiene ocupacional.
Histórico da higiene (white book da AIHA), histórico no Brasil.
Entidades e associações da área (ACGIH, AIHA, IOHA, ABHO, FUNDACENTRO).
Integração da higiene ocupacional com meio ambiente, saúde pública, epidemiologia, medicina ocupacional, engenharia de segurança do trabalho e ergonomia. (FUNDACENTRO).
Formação do higienista. Áreas de atuação. Higiene de campo. Higiene analítica. Toxicologia.
Conceitos. Vias de ingresso no organismo. Limite de tolerância. Tipos.
Atuação: empresa, entidades de pesquisa, docência, órgãos de governo.
O higienista e as questões técnico-legais.
Classificação dos agentes ambientais. Ocorrência, efeitos, importância.
Conceitos básicos de estatística em higiene.
Recursos bibliográficos e informáticos em higiene ocupacional.
Fontes de referência e consulta em higiene ocupacional.
Palestras (convidados) nas áreas: empresas (benchmark), entidades, laboratório analítico, biblioteconomia.
Legislação: Conceituação básica: Constituição, Lei, Decreto, Portaria. Hierarquia: legislação federal, estadual, municipal.
Tipos de legislação: acidentária, previdenciária, sindical. Consolidação das leis de trabalho. Trabalho da mulher e do menor.
Atribuições profissionais: engenheiro de segurança do trabalho, técnico de segurança do trabalho.
Responsabilidades profissionais: trabalhista, civil, criminal. A corresponsabilidade. Portaria normativas e outros dispositivos legais.
Embargo e interdição. A Organização Mundial do Trabalho (OIT). Convenções e recomendações.
Normas Técnicas: Normas nacionais, estrangeiras e internacionais.
Técnicas de preparos de normas, instruções e ordens de serviço.
Importância das normas técnicas internas para a engenharia de segurança do trabalho.
CIPA e SESMT.
Mapa de risco. Exemplos de aplicação.
Conceitos básicos.
Classificação e reconhecimento de agentes.
Agentes físicos: tipos, classificação detalhada.
Ruído: conceitos gerais, ocorrência, efeitos.
Física do som. Parâmetro de medição.
Limites de tolerância. Avaliação da exposição.
Dose de ruído. Critérios de avaliação.
Instrumentação e técnicas de medição.
Medidas de controle e mitigação.
Exemplos e laboratório de análise de medidas e controle.
Tópicos especiais em ruído. Análise de freqüência.
Metodologia rc de atenuação de protetores auriculares.
Vibrações: conceitos gerais, ocorrência, efeitos.
Física da vibrações do corpo humano.
Vibrações localizadas e de corpo inteiro.
Vibrações de corpo inteiro e segmental.
Parâmetro de medida.
Limites de tolerância. Avaliação.
Critérios de medição, instrumentação e técnicas de medida.
Medida de controle.
Análise de medidas de controle.
Trabalhos práticos de controle de ruído e vibrações.
Iluminação. Iluminância. Conceitos gerais. Ocorrência, efeitos. Limites de tolerância. Avaliação.
Pressões.

Aerodispersóides e fibras. Classificação.

Metodologias de avaliação.

Limites de Tolerância. NR-15. ACGIH.

Medidas genéricas de controle de agentes ambientais.

Programas de Proteção Respiratória.

Metodologia para implementação da proteção respiratória na empresa.

Tipologia de proteção respiratória, vantagens e limitações de cada tipo e para cada aplicação.

Instrução normativa sobre a proteção respiratória.

Discussão de casos.

Radiações ionizantes: definição, ocorrência, classificação.
Critérios de avaliação.
Instrumentação e técnicas de medição.
Medidas de controle.
Radiações não ionizantes: definição e classificações (espectro não ionizante).
Critérios de avaliação, medidas de controle.
radiação infravermelha: definições, ocorrência, técnicas de medição, critérios de avaliação, medidas de controle.
Radiação ultravioleta: conceitos, ocorrência, classificação, técnicas de medição, critérios de avaliação e medidas de controle.
Laser e maser: definições, ocorrência, classificação.
Técnicas de medição, critérios de avaliação, medidas de controle.
Calor. Conceitos gerais.
Limites de tolerância.
Avaliação geral.
IBUTG.
Tópicos especiais.
Procedimentos para ciclos especiais (qualquer natureza).
Procedimentos para não aclimatados.
Outros parâmetros indicadores de sobrecarga térmica.
ACGIH - sobrecarga orgânica por calor.
TLVs.
Metodologia para controle. Frio. Ocorrência.
Limites de tolerância (ACGIH).
Elementos de controle.
A ferramenta eSocial.
O eSocial para a Engenharia de Segurança do Trabalho.

Conceitos básicos e definições.

Histórico.

Efeitos.

Limites de tolerância.

Avaliação.

Classificação detalhada.

NR-15.

Limites de Tolerância.

Tipos e aplicação.

Anexos de agentes químicos.

ACGIH.

Limites de Tolerância.

Tipos. Anexos e Apêndices de Agentes Químicos.

Amostragem Ambiental de Agentes Químicos.

Principais formas, Equipamentos, Recursos

Elementos de Estratégia de Amostragem de Agentes Químicos.

Manuais NIOSH/ AIHA.

Noções de fisiologia do trabalho.

Relações entre acidentes, doenças, idade, fadiga e vigilância.

Aplicação de forças e esforços localizados.

Antropometria.

Dimensionamento de postos de trabalho.

Limitações sensoriais.

Dispositivos de controle e dispositivos de informações.

Sistemas homem-máquina.

Trabalho em turnos.

Engenharia de Fatores Humanos: Programa PTD e EMERST.

Introdução ao processo de gerenciamento de riscos no contexto da Higiene Ocupacional.

Conceitos e definições atreladas ao gerenciamento de riscos.

Erro humano e Engenharia de fatores humanos (Partes 1 e 2).

Ferramentas de análise e valoração de riscos ocupacionais (Partes 1 e 2).

Ferramenta BowTie aplicada à higiene ocupacional.

Técnicas de comunicação oral e treinamento.

Análise do comportamento e o poder do hábito.

Comportamento de grupos.

Aulas práticas de laboratório e campo sobre:
Gases e vapores.
Iluminação.
Ruído.
Vibrações.
Calor.
Conforto térmico.
Sistemas de ventilação industrial e laboratorial.
RI- Radônio.
Introdução.
Contextualização da discussão de programas e sistemas de gestão na área da SST.
Histórico.
Apresentação da evolução das discussões de gerenciamento de riscos por programas mostrando como o modo de pensar a gestão da produção influencia a gestão da saúde e segurança no trabalho.
Conceitos importantes utilizados na avaliação e gerenciamento de riscos nos locais de trabalho.
Risco, Perigo, processos de avaliação e gerenciamento de riscos.
O ciclo PDCA.
Apresentação e discussão sobre a elaboração do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais.
NR-9.
Campo de aplicação, abrangência, elaboração, desenvolvimento (elaboração do documento base: objetivo, política, responsabilidades e atribuições, estabelecimento de metas e prioridades, estratégia e metodologia de ação, forma de registro, manutenção e divulgação dos dados, periodicidade, forma de avaliação - elaboração do documento de avaliação de riscos: análise de riscos, obtenção de informações básicas, identificação dos fatores e/ou situações de risco, estimativa qualitativa do risco, estimativa quantitativa do risco, orientação metodológica, bibliográfica e organizacional para a implementação; Estruturação das etapas a serem desenvolvidas, com modelos de reconhecimento de riscos e determinação de prioridades (APR-HO(R)); Casos Práticos (Estudos dirigidos), análise das opções de controle e monitorização e avaliação).
Discussão da elaboração do documento base, com roteiro-guia.
Revisão do PPRA.
Interface com outras NRs e participação dos trabalhadores.
Auditoria de Higiene Ocupacional. Protocolos para as ações vinculadas as NRs 9, 15, e aspectos gerais da higiene ocupacional.
Importância da preservação do meio ambiente.
Conceitos e definições.
Programas de conservação do meio ambiente.
Estudos de proteção do meio ambiente.
Sistemática a ser seguida.
Aspectos legais.
Órgãos institucionais, regimentadores e fiscalizadores.
Critérios e técnicas de avaliação e controle de poluentes.
Qualidade do ar. Técnicas de controle.
Qualidade das águas. Processos expeditos de purificação.
Qualidade do solo. Preservação do solo.
Saneamento: conceitos e serviços básicos. Casos emergências.
Resíduos industriais: tipos, disposição, controles.
Integração e interação entre a higiene ocupacional e a proteção ambiental, especialmente quanto a sistemas de ventilação industrial e resíduos.



Conceituação e importância.
Medicina do trabalho: atribuições e relação com a Higiene Ocupacional.
Doenças do trabalho: Relação entre agentes ambientais e doenças ocupacionais.
Influência das doenças do trabalho na produtividade e bem-estar do trabalhador.
Estudo das doenças do trabalho: causas (físicas, químicas, biológicas), doenças na indústria e no meio rural; aspectos epidemiológicos.
Toxicologia: A exposição a agentes tóxicos.
Vias de absorção; toxicocinética; efeitos sinérgicos; fatores de toxicidade.
Eliminação de tóxicos orgânicos.
Mecanismos de proteção do organismo.
Absorção e metabolismo.
Formas de desintoxicação. Relações dose - efeito e dose.
Resposta.
Limites de exposição ocupacional e Limites biológicos de exposição.
Monitorização ambiental e toxicológica.

Revisão conceitual.
Legislação Brasileira.
ACGIH.
Tipos de Limites de Tolerância.
Princípios de Amostragem.
Análise Instrumental.
Estatística básica aplicada à Higiene Ocupacional. CV. Manual NIOSH de Estratégia de Amostragem.
Abordagem da AIHA.
Aplicação geral aos agentes químicos.
Grupos Homogêneos de Exposição.
Exposto de Maior Risco.
Variabilidade ambiental, instrumental e analítica.
Distribuição normal e lognormal.
Estudos de Casos.
Exemplos e Exercícios.
Cálculos, ábacos NIOSH e uso de papéis probabilísticos.
Aplicação ao ruído.
Revisão conceitual.
Dose e dosimetria de ruído.
CV para dosímetros.
Exposição do MRE.
Exposição diária.
Exposição média típica de um grupo.
Exposição média de longo prazo.
Validação de um grupo homogêneo.
Aplicações informáticas.
Revisão conceitual.
Medidas genéricas de controle de agentes ambientais.
Ventilação aplicada à Higiene Ocupacional.
Conceitos e definições. Tipos de ventilação.
Ventilação geral diluidora: Requisitos para conforto térmico, gases e poeiras.
Ventiladores: tipos, características.
Ventilação natural.
Ventilação local exaustor: Localização e características.
Sistema de ventilação e dutos.
Controle de contaminantes.
Exemplos e trabalhos práticos de ventilação.
Avaliação de sistemas de ventilação.
Instrumentação básica: pressão estática, velocidade de fluxo.
Higiene Ocupacional e a Indústria da Construção Civil Elétrica.
Higiene Ocupacional e a Indústria Química Vidros.
Higiene Ocupacional e a Indústria Siderúrgica Mineração.
Higiene Ocupacional e a Indústria da Mineração Farmacêuticas.
Higiene Ocupacional e a Indústria Mecânica.
Nanotecnologia.
Higiene Ocupacional e a Indústria Vidreira.
Higiene Ocupacional e a Indústria Farmacêutica.
Higiene Ocupacional e a Indústria do Petróleo.
Higiene Ocupacional e a Indústria de Eletricidade.

Critério de Ingresso

O ingresso de um candidato neste curso de ESPECIALIZAÇÃO EM HIGIENE OCUPACIONAL se dá através de um Processo Seletivo, que considera itens como a análise curricular do candidato, considerando a formação acadêmica e a experiência profissional como aspectos fundamentais nessa análise, bem como a quantidade de vagas disponíveis, e a ordem de inscrição.

Permanência

    Período de realização

O aluno deverá realizar e concluir o curso conforme cronograma de atividades e disciplinas disponibilizadas em cada ciclo e cumprir o cronograma financeiro aceito no ato da matrícula com a assinatura do Termo de Adesão.

    Encontros presenciais

Para os alunos dos cursos na modalidade à distância (EAD semipresencial), por exigência legal, as provas de cada uma das disciplinas, bem como a apresentação da monografia, são presenciais. Os alunos deverão realizar, também presencialmente, as atividades práticas de laboratório.

Critério Geral de Aprovação

Para ser considerado APROVADO nos cursos à distância (EAD-semipresencial) e ter direito ao respectivo Certificado de Conclusão, o participante deverá satisfazer a todos os três seguintes requisitos:
  • Obter nota final igual ou superior a 7,0 (sete) em cada uma das disciplinas cursadas; e
  • Obter frequência mínima de 75% nas atividades presenciais programadas; e
  • Obter nota final igual ou superior a 7,0 (sete) na Monografia.

As notas finais são dadas pela realização, pelos alunos:

a) de provas e laboratórios presenciais (peso 6) em cada uma das disciplinas;
b) pela resposta aos questionários de cada uma das aulas de cada uma das disciplinas (peso 2); e
c) pelo preenchimento do Caderno de Quadros (peso 2).

 

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

A higiene ocupacional tem se tornando uma das principais preocupações da sociedade moderna, ao lado da gestão ambiental e da qualidade. Neste contexto, várias disciplinas são oferecidas pela ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO – EPUSP, nos níveis de graduação, de pós-graduação “stricto sensu” e de pós-graduação “lato sensu”. O curso de graduação em Engenharia Ambiental da USP contempla inclusive duas disciplinas denominadas de Saúde Ocupacional e Ambiental. Mais especificamente, os Departamentos de Engenharia de Produção e o de Minas e de Petróleo, existem diversos cursos de graduação, de pós-graduação e treinamentos nas áreas de higiene, segurança, ventilação, ergonomia e meio ambiente.

A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE HIGIENISTAS OCUPACIONAIS – ABHO aponta para a necessidade de programas deste tipo. O aluno aprovado neste curso poderá candidatar-se ao processo de Certificação de Higienista Ocupacional da ABHO desde que cumpra os demais requisitos constantes no seu edital do processo de certificação (www.abho.com.br).

Esse nosso curso de ESPECIALIZAÇÃO EM HIGIENE OCUPACIONAL realizado na modalidade a distância (EAD semipresencial) desde 2003, focaliza todos os aspectos da higiene e da engenharia de saúde ocupacional, visando formação de higienistas ocupacionais voltados a uma atuação prevencionista e de proteção aos trabalhadores em todas as instâncias de suas atividades profissionais.

Outros objetivos, incluem o desenvolvimento de raciocínio e senso crítico, intercâmbio de experiências e soluções de casos reais, além do fornecimento de instrumental prático que permita ao pós-graduando, atuar, efetivamente, nos serviços de saúde, segurança e qualidade de vida no trabalho.

A formação destes profissionais não tem interferência nas competências específicas, legais e técnicas, das diversas modalidades de engenharia ou de quaisquer outras de nível superior.

A preservação da qualidade de vida, com a diminuição de acidentes e doenças ocupacionais, devem ser um dos pilares de qualquer projeto, empreendimento ou sistema. Objetiva-se assim, a diminuição dos custos humanos e materiais, e, consequentemente, dos custos sociais.

Objetivo

A higiene ocupacional tem se tornando uma das principais preocupações da sociedade moderna, ao lado da gestão ambiental e da qualidade. Neste contexto várias disciplinas tem sido oferecidas pela Escola Politécnica da USP nos níveis de graduação, de pós-graduação “stricto sensu” e de extensão (pós-graduação “lato sensu”). O curso de especialização em Higiene Ocupacional no formato EAD é oferecido em nível de pós-graduação “lato sensu”, sendo aberto a todos os profissionais de nível superior.

Outros objetivos incluem o desenvolvimento de raciocínio e senso crítico, intercâmbio de experiências e soluções de casos reais, além do fornecimento de instrumental prático que permita aos pós-graduandos atuar efetivamente nos serviços de saúde, segurança e qualidade de vida no trabalho. A formação destes pós-graduandos não tem interferência nas competências específicas, legais e técnicas, das diversas modalidades de engenharia ou de qualquer outra de nível superior. A ABHO – Associação Brasileira de Higiene Ocupacional tem apontado para a necessidade de efetivação deste tipo de curso, definindo parâmetros básicos para que se tenha um curso de qualidade que venha ser considerado credenciado pela entidade.

Público alvo

Esse curso de ESPECIALIZAÇÃO EM HIGIENE OCUPACIONAL, é destinado aos profissionais com formação completa em nível superior e com interesse voltado às áreas de saúde, segurança e qualidade de vida no trabalho, tais como:

Engenheiros de Segurança do Trabalho
Enfermeiros do Trabalho
Ergonomistas
Fonoaudiólogos
Fisioterapeutas do Trabalho
Terapeutas Ocupacionais
Médicos do Trabalho
Tecnólogos de Segurança do Trabalho
Advogados Trabalhistas
Arquitetos
Assistentes Sociais
Odontólogos do Trabalho
Psicólogos do Trabalho
Auditores Fiscais do Trabalho
Magistrados do Trabalho
Peritos Trabalhistas e da Previdência Social
Procuradores do Ministério Público Trabalhista

Local & horário realização do curso

As aulas serão ministradas à distância, às sextas-feiras no horário noturno das 19:30 às 22:30.

 

 

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Coordenado pelo Prof. Dr. Homero Delboni Junior, o curso reúne, em seu corpo docente, professores da Escola Politécnica e especialistas convidados, entre eles:

• Alessandra Isabella Sampaio Martins
• Antonio Vladimir Vieira
• Cristiane Queiroz Barbeiro Lima
• Diego Diegues Francisca
• Eduardo Costa Sá
• Felipe Baffi de Carvalho
• Francisco Kulcsar Neto
• Gustavo Rezende de Souza
• Irlon de Ângelo da Cunha
• Jefferson Benedito Pires de Freitas
• João Vicente de Assunção
• José Carlos Mierzwa
• José Possebon
• Leonidas Ramos Pandaggis
• Maria José Fernandes Gimenes
• Maria Renata Machado Stellin
• Mario Luiz Fantazzini
• Reinaldo Morelli de Oliveira
• Ricardo da Costa Serrano
• Ricardo Jorge Metzner
• Robson Spinelli Gomes
• Rosana Lazzarini
• Rosimeire Vieira da Silva
• Sergio Colacioppo
• Sergio Medici de Eston
• Sonia Regina Pereira de Souza
• Wolney Castilho Alves

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

O investimento deste curso:

Valor total de R$ 12.208,00 ou em 20 parcelas mensais e consecutivas de R$ 610,40.

Para maiores informações, por favor, entrar em contato com a nossa Central de Apoio ao Aluno:
Atendimento online:  de segunda-feira à sexta-feira, das 08h30 às 20h00.
E-mail: atendimento@pecepoli.com.br

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Processo seletivo
1. O interessado em participar do Processo Seletivo deste curso deverá proceder da seguinte forma:
a) Preencher a Ficha de Inscrição;
b) Efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais), através de boleto bancário. O boleto bancário será enviado automaticamente para sua caixa postal logo após o preenchimento e envio da ficha de inscrição. O valor da taxa será abatido na 2ª parcela do Curso.
2. Seleção:
A seleção será feita com base nas informações fornecidas pelo interessado na “Ficha de Inscrição”.
Caso o interessado seja aprovado, receberá e-mail do Centro de Apoio ao Aluno, com instruções para efetivar sua matrícula.
Lembrando que, a participação no processo seletivo só será possível com a confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

Datas de inscrição e matrícula
Inscrições: até 10/08/2021.
Entrevista: não há.
Resultado: por e-mail ou telefone.
Matrículas: até 12/08/2021.
Início das Aulas: 06/08/2021.

Matrícula no curso
Para matricular-se neste curso o interessado deve ter sido aprovado no respectivo Processo Seletivo.
O inscrito que for aprovado no Processo Seletivo, deverá nos apresentar no ato da matrícula, uma cópia simples (que será retida ) e original dos seguintes documentos:
a) CPF;
b) RG;
c) Diploma do curso superior;
d) Comprovante de residência;
e) 01 foto 3X4 recente;
f) Termo de compromisso de pagamento das parcelas financeiras referentes ao valor de investimento do curso.

A efetivação da sua matrícula deverá ser devidamente confirmada pelo Centro de Apoio ao Aluno.
A matrícula somente será considerada efetuada mediante o nosso recebimento de todos os documentos necessários acima mencionados.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Certificação USP


Para que o aluno conquiste o certificado do curso de Higiene Ocupacional – EAD, emitido oficialmente pela Universidade de São Paulo, deverá ser aprovado em todas as disciplinas do curso, com nota mínima de 7,0 e presença acima ou igual a 75%, assim como a aprovação da sua monografia pela banca examinadora.

Certificado USP

Processo de inscrição

Para realizar a inscrição e participar do Processo Seletivo o candidato deverá proceder da seguinte forma:

PRÉ-REQUESITOS

Espera-se dos candidatos, sólida formação superior, conhecimentos básicos de inglês e experiência profissional.

PAGAMENTO

Efetue o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (Cento e cinquenta reais), por meio de boleto bancário, enviado automaticamente para o e-mail cadastrado.

O valor da taxa será abatido na 2ª parcela do curso. Caso o candidato não seja aprovado, esse valor não será devolvido.

SELEÇÃO

A seleção será feita com base nas informações fornecidas pelo interessado na “Ficha de Inscrição”. Caso o interessado seja aprovado, receberá e-mail do Centro de Apoio ao Aluno, com instruções para efetivar sua matrícula.

Só será possível participar do processo seletivo, após a confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - PECE/EPUSP reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Estrutura
de qualidade

Histórias de Sucesso

Torne-se um líder produtivo no mercado.