Instalações Elétricas em Atmosferas Explosivas - EAD ao Vivo

O desenvolvimento tecnológico viabilizou ao longo das últimas décadas uma série de tipos de proteção "Ex" para equipamentos elétricos, de instrumentação, de automação, de telecomunicações e mecânicos cujas especificações são cuidadosamente regulamentadas por normas técnicas brasileiras adotadas específicas e os equipamentos destinados para ambientes de atmosferas explosivas, isto é, ambientes onde estão presentes gases inflamáveis ou poeiras combustíveis. Refinarias de petróleo, plataformas marítimas de produção de petróleo offshore, minas subterrâneas de carvão, navios petroleiros, navios do tipo FPSO (Floating Production, Storage and Offloading), indústria sucroalcooleira, silos de armazenamento de grãos, indústria farmacêutica, indústria petroquímica e instalações portuárias são exemplos de ambientes industriais com atmosferas explosivas.
Este curso visa capacitar os profissionais em relação aos requisitos técnicos normativos e legais, nacionais e internacionais, para a as atividades de fabricação, ensaios e certificação de equipamentos elétricos, eletrônicos e mecânicos "Ex", bem como em relação às normas técnicas sobre procedimentos de classificação de áreas, projeto, montagem, inspeção, manutenção, reparo, revisão e recuperação de equipamentos e instalações industriais em atmosferas explosivas. O curso visa também abordar a normalização internacional das Séries IEC 60079 e ISO/IEC 80079 (e das respectivas Normas Técnicas Brasileiras adotadas das Séries ABNT NBR IEC 60079 e ABNT NBR ISO/IEC 80079) que significativamente contribuíram para a obtenção de uma estratégia de convergência normativa mundial e de promoção global de segurança em instalações com atmosferas explosivas. Sob o ponto de vista da segurança ao longo do ciclo total de vida das instalações em atmosferas explosivas, é destacado, neste curso, que somente a certificação dos equipamentos elétricos, eletrônicos e mecânicos "Ex" é suficiente garantir a segurança das instalações em atmosferas explosivas bem como das pessoas que nelas trabalham, havendo a necessidade da certificação prioritária das empresas de serviços envolvidas com atividades de projeto, montagem, inspeção, manutenção e reparo de equipamentos, bem como das competências pessoais dos profissionais envolvidos com a execução e supervisão destas atividades.
O objetivo deste curso é apresentar as condições requeridas para a seleção e aplicação de equipamentos, projeto e montagem de instalações elétricas, de instrumentação, de automação, de telecomunicações e mecânicas em atmosferas explosivas contendo gases inflamáveis ou poeiras combustíveis. Nas instalações elétricas em indústrias químicas, petroquímicas, sucroalcooleiras, de alimentos, armazenamento de grãos e portuárias, são requeridos requisitos especiais de equipamentos e serviços, pois existe a possibilidade de formação de ambientes com misturas explosivas, com elevado risco de ocorrência de explosão, com efeitos potenciais devastadores para as pessoas, instalações e meio ambiente. No sentido de minimizar os riscos de danos pessoais, materiais e ambientais que possam ocorrer em consequência eventuais ignição nestas instalações, existem técnicas e procedimentos específicos, especificados em normas técnicas brasileiras adotadas das séries ABNT NBR IEC 60079 e ABNT NBR ISO/IEC 80079. Desta forma é de fundamental importância a preparação, atualização, qualificação e certificação dos profissionais envolvidos com atividades em atmosferas explosivas, a fim de permitir um adequado desenvolvimento e gerenciamento de atividades em áreas classificadas. Isto implica em treinamento e capacitação em tópicos que abrangem conceitos de gases inflamáveis e poeiras combustíveis, requisitos de classificação de áreas, seleção de equipamentos, instalação, manutenção, reparo, revisão e testes de equipamentos com tipos de proteção "Ex", incluindo os aspectos de execução de inspeções visuais, apuradas e detalhadas e projeto de instalações elétricas em atmosferas explosivas.
Informações Gerais
Público Alvo:
Visa contemplar candidatos com curso superior ou curso técnico, em andamento ou completo, e com interesse voltado às áreas técnicas, científicas e regulatórias relacionadas com equipamentos, instalações e serviços

Local & Horário:
As aulas serão realizadas, às quartas-feiras, não presenciais (mas síncronas), das 18h30 às 21h30.

Datas:
Inscrições: Até 14/05/2021
Entrevista: não há.
Resultado: por e-mail ou telefone.
Matrículas: Até 21/05/2021
Início das Aulas: 09/06/2021

Para matricular-se neste curso de Difusão o interessado deve ter sido aprovado no respectivo Processo Seletivo.

O inscrito que for aprovado no Processo Seletivo, deverá nos apresentar no ato da matrícula, uma cópia simples (que será retida ) e original dos seguintes documentos:

a) CPF;
b) RG;
c) Diploma do 2º Grau Completo e ou Curso superior;
d) Comprovante de residência;
e) 01 foto 3X4 recente e
Preencher e assinar o termo de compromisso de pagamento das parcelas financeiras referentes ao valor de investimento do curso.

A efetivação da sua matrícula deverá ser devidamente confirmada pelo Centro de Apoio ao Aluno.

A matrícula somente será considerada efetuada mediante o nosso recebimento de todos os documentos necessários acima mencionados.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - PECE/EPUSP reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.
Corpo Docente
O corpo docente é formado pelos professores doutores do Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétrica da Escola Politécnica da USP e pelos especialistas convidados.

A coordenação acadêmica está a cargo do Prof. Dr. Carlos Frederico Meschini Almeida.
Conteúdo
O Curso de Difusão em "Instalações Elétricas em Atmosferas Explosivas" terá duração de 36 horas, sendo realizado as 4ª feiras, das 18h30 às 21h30.

Conteúdo:
1 INTRODUÇÃO: GASES INFLAMÁVEIS E POEIRAS COMBUSTÍVEIS
1.1 Conceitos iniciais de segurança e o triângulo da explosão sob o enfoque de instalações elétricas, de instrumentação, de automação, de telecomunicações e de mecânicas em áreas classificadas;
1.2 Líquido combustível vs. Líquido inflamável
1.3 Conceitos de ponto de fulgor, limites inferior e superior de explosividade e temperatura de autoignição
1.4 Procedimentos de medição de explosividade e percepção dos perigos
1.5 Análises de risco contra acidentes
1.6 Procedimentos de liberação de trabalho e emissão de Permissão de Trabalho (PT)
1.7 Orientações para procedimentos de trabalho em áreas classificadas livres de gases inflamáveis e dentro de espaços confinados contendo gases inflamáveis
1.8 Procedimentos de segurança e de evacuação em situação de emergência
1.9 Inspeção básica de equipamentos manuais, portáteis e transportáveis elétricos e eletrônicos

2 CLASSIFICAÇÃO DE ÁREAS
2.1 Princípios de segurança e objetivos
2.2 Conceitos de classificação de áreas
2.3 Fontes de liberação em equipamentos de processo
2.4 Principais tipos, graus e disponibilidade de ventilação
2.5 Procedimentos de classificação de áreas contendo gases inflamáveis ou poeiras combustíveis
2.6 Procedimentos de determinação das extensões de áreas classificadas
2.7 Normas brasileiras, internacionais, códigos industriais e práticas recomendadas aplicáveis para classificação de áreas contendo gases inflamáveis e poeiras combustíveis
2.8 Documentação de classificação de áreas

3 INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS COM TIPOS DE PROTEÇÃO "Ex"
3.1 Conceito e abordagem de EPL (Equipment Protection Level) proporcionado pelos equipamentos "Ex";
3.2 Principais tipos de proteção de equipamentos "Ex": Definições, conceitos e características principais;
3.3 Seleção de equipamentos "Ex" e suas limitações de temperatura, marcação, certificação, montagem e testes
3.4 Definições de equipamentos de segurança aumentada (Ex "e"), segurança intrínseca (Ex "i"), invólucros pressurizados (Ex "p"), encapsulamento em resina (Ex "m"), equipamentos não acendíveis (Ex "n"), equipamentos com proteção óptica (Ex "op"), invólucros à prova de explosão (Ex "d"), equipamentos imersos em líquido (Ex "o"), equipamentos imersos em areia (Ex "q"), proteção especial (Ex "s"), ambientes protegidos por pressurização (Ex "pv"), proteção para equipamentos mecânicos (Ex "h", Ex "c", Ex "b", Ex "k");
3.5 Requisitos para seleção e projeto de instalação de equipamentos e os sistemas de fiação
3.6 Montagem e testes de circuitos, de máquinas rotativas, de circuitos intrinsecamente seguros, de dispositivos de proteção e de eletrodutos
3.7 Separação entre circuitos intrinsecamente seguros e não intrinsecamente seguros
3.8 Sistemas de proteção contra centelhamento e sistemas de aterramento
3.9 Montagem e testes de equipamentos "Ex" e de dispositivos de proteção elétrica
3.10 Documentação requerida para montagem e testes

4 PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PARA ATMOSFERAS EXPLOSIVAS
4.1 Seleção de equipamentos "Ex" de acordo com os EPL, Zonas, Grupos, classe de temperatura, temperatura de ignição, influências externas e grau de proteção de invólucros (Código IP)
4.2 Requisitos de certificação de equipamentos "Ex" pelo Inmetro e para seleção e projeto de instalação de equipamentos com tipos de proteção Ex "d", Ex "e", Ex "n", Ex "i", Ex "p", Ex "t"
4.3 Dimensionamento de fiação e projeto de sistemas de eletrodutos e acessórios
4.4 Requisitos de projeto de circuitos e de instalação de motores em áreas classificadas
4.5 Projeto de instalação de circuitos intrinsecamente seguros e separação dos circuitos não intrinsecamente seguros
4.6 Projetos de proteção e sistemas de aterramento em áreas classificadas
4.7 Avaliação de risco de descarga em enrolamentos de máquinas rotativas - Fatores de risco de ignição
4.8 Documentação requerida para projeto de instalações elétricas em atmosferas explosivas

5 MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS COM TIPOS DE PROTEÇÃO "Ex"
5.1 Marcação de equipamentos "Ex" para manutenção de equipamentos
5.2 Requisitos de manutenção de equipamentos, de circuitos intrinsicamente seguros e de determinação de intervalos e frequência de inspeções
5.3 Atendimento das condições específicas para utilização segura na manutenção de equipamentos "Ex"
5.4 Isolamento, interdição e sinalização de equipamentos e circuitos "Ex"
5.5 Equipamento apropriado para os requisitos de EPL ou Zona do local
5.6 Proteção de juntas de invólucros metálicos
5.7 Sistemas diretos e indiretos de entradas de cabos em invólucros
5.8 Requisitos de cabos e prensa-cabos para instalação em atmosferas explosivas
5.9 Sistemas de aterramento em áreas classificadas
5.10 Manutenção de dispositivos de proteção elétrica
5.11 Orientação para procedimento de trabalho seguro e fatores de risco
5.12 Documentação requerida para serviços de manutenção e de montagem

6 REPARO, REVISÃO E RECUPERAÇÃO DE EQUIPAMENTOS COM TIPOS DE PROTEÇÃO "Ex"
6.1 Instruções para as empresas de serviços de reparo
6.2 Requisitos legais para a empresas de serviços de reparo
6.3 Procedimentos de reparo indicados pelos fabricantes
6.4 Requisitos para reparo, revisão e recuperação de equipamentos
6.5 Identificação de equipamentos reparados por meio de marcação
6.6 Requisitos para as medições em equipamentos à prova de explosão
6.8 Avaliação do sistema de isolamento e reenrolamento de motores "Ex" (Decision Sheet IECEx 2013/006)
6.9 Registros e instruções de trabalho

7 EXECUÇÃO DE INSPEÇÕES VISUAIS, APURADAS E DETALHADAS DE EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES EM ATMOSFERAS EXPLOSIVAS
7.1 Análise da marcação de equipamentos "Ex"
7.2 Requisitos e programas de inspeção de equipamentos "Ex", determinação de intervalos e frequência de inspeções, inspeção detalhada
7.3 Inspeção de equipamentos e circuitos intrinsecamente seguros, invólucros metálicos, fiação e unidades seladoras, aterramento, dispositivos de proteção, luminárias, instrumentos
7.4 Documentação para serviços de inspeção detalhada
7.5 Listas de verificação por tipos de equipamentos e tipos de proteção "Ex"
7.6 Documentação dos resultados das inspeções e prontuário das instalações "Ex".


Bibliografia:
[1] BULGARELLI, GARCIA, PAGANINI, GALERA, BORGES, RODRIGUES, ROSSIT, RÖPKE, BONATO, O ciclo total de vida das instalações em atmosferas explosivas. 1ª Edição, Paco Editorial, 2018.
[2]JORDÃO, D. M. Pequeno Manual de Instalações Elétricas em Instalações Potencialmente Explosivas - Editora Edgar Blucher, 2012.
[3]JORDÃO, D. M. Manual de Instalações Elétricas em Indústrias Químicas, Petroquímicas e de Petróleo. 3ª Edição. Qualitymark, 2003.
[4]BEGA; DELMÉE, COHN, BULGARELLI, KOCH, FINKEL. Instrumentação Industrial. 3ª Edição. Interciência, 2011.
[5]DA SILVA, J. Atmosferas Explosivas - Instalação de equipamentos elétricos em áreas classificadas, Editora Paco Editorial. 2ª Edição. 2016.
[6]KORVER, W. O. E. Electrical Safety in Flammable Gas/Vapor Laden Atmospheres. 1st Edition. Noyes Publications, 2001.
[7]SCHRAM, P. J.; BENEDETTI, R. P.; EARLEY, M. W. Electrical Installations in Hazardous Locations. 3rd Edition. Jones & Bartlett Learning, 2008.
[8]BOTTRILL, G.; CHEYNE, D.; VIJAYARAGHAVAN, G. Practical Electrical Equipment and Installations in Hazardous Areas. 1st Edition. Elsevier, 2005.
[9]ABNT NBR IEC 60079-0 - Atmosferas explosivas - Parte 0: Equipamentos - Requisitos gerais
[10]ABNT NBR IEC 60079-1 - Atmosferas explosivas - Parte 1: Proteção de equipamento por invólucro à prova de explosão "d"
[11]ABNT NBR IEC 60079-2 - Atmosferas explosivas - Parte 2: Proteção de equipamento por invólucro pressurizado "p"
[12]ABNT NBR IEC 60079-5 - Atmosferas explosivas - Parte 5: Imersão em areia "q"
[13]ABNT NBR IEC 60079-6 - Atmosferas explosivas - Parte 6: Proteção de equipamento por imersão em líquido "o"
[14]ABNT NBR IEC 60079-7 - Atmosferas explosivas - Parte 7: Proteção de equipamentos por segurança aumentada "e"
[15]ABNT NBR IEC 60079-10-1 - Atmosferas explosivas - Parte 10-1: Classificação de áreas - Atmosferas explosivas de gás
[16]ABNT NBR IEC 60079-10-2 - Atmosferas explosivas - Parte 10-2: Classificação de áreas - Atmosferas de poeiras explosivas
[17]ABNT NBR IEC 60079-11 - Atmosferas explosivas - Parte 11: Proteção de equipamento por segurança intrínseca "i"
[18]ABNT NBR IEC 60079-13 - Atmosferas explosivas - Parte 13: Proteção de equipamentos por ambiente pressurizado "p"
[19]ABNT NBR IEC 60079-14 - Atmosferas explosivas - Parte 14: Projeto, seleção e montagem de instalações elétricas em atmosferas explosivas
[20]ABNT NBR IEC 60079-15 - Atmosferas explosivas - Parte 15: Proteção de equipamento por tipo de proteção "n"
[21]ABNT NBR IEC 60079-16 - Equipamentos elétricos para atmosferas explosivas - Parte 16: Ventilação artificial para proteção de casas de analisadores
[22]ABNT NBR IEC 60079-17 - Atmosferas explosivas - Parte 17: Inspeção e manutenção de instalações elétricas
[23]ABNT NBR IEC 60079-18 - Atmosferas explosivas - Parte 18: Proteção de equipamento por encapsulamento "m"
[24]ABNT NBR IEC 60079-19 - Atmosferas explosivas - Parte 19: Reparo, revisão e recuperação de equipamentos
[25]ABNT NBR IEC 60079-20-1 - Atmosferas explosivas - Parte 20-1: Características dos materiais para classificação de gases e vapores - Dados e métodos de ensaios
[26]ABNT NBR ISO/IEC 80079-20-2 - Atmosferas explosivas - Parte 20-2: Características dos materiais - Métodos de ensaio de poeiras combustíveis
[27]ABNT NBR IEC 60079-25 - Atmosferas explosivas - Parte 25: Sistemas elétricos intrinsecamente seguros
[28]ABNT NBR IEC 60079-26 - Atmosferas explosivas - Parte 26: Equipamento com nível de proteção de equipamento (EPL) Ga
[29]ABNT NBR IEC 60079-28 - Atmosferas explosivas - Parte 28: Proteção de equipamentos e de sistemas de transmissão que utilizam radiação óptica
[30]ABNT NBR IEC 60079-29-1 - Atmosferas explosivas - Parte 29-1: Detectores de gás - Requisitos de desempenho
[31]ABNT NBR IEC 60079-29-2 - Atmosferas explosivas - Parte 29-2: Detectores de gás - Procedimentos de seleção, instalação, utilização e manutenção
[32]ABNT NBR IEC 60079-29-4 - Atmosferas explosivas - Parte 29-4: Detectores de gás - Requisitos gerais e métodos de ensaios para equipamentos de processo
[33]ABNT NBR IEC 60079-30-1 - Atmosferas explosivas - Parte 30-1: Traceamento elétrico resistivo - Requisitos gerais e de ensaios
[34]ABNT NBR IEC 60079-30-2 - Atmosferas explosivas - Parte 30-2: Traceamento elétrico resistivo - Guia de aplicação para projeto, instalação e manutenção
[35]ABNT NBR IEC 60079-31 - Atmosferas explosivas - Parte 31: Proteção de ignição de equipamento para poeira por invólucro "t"
[36]ABNT IEC TS 60079-32-1 - Atmosferas explosivas - Parte 32-1: Riscos eletrostáticos, orientações
[37]IEC 60079-32-2 - Explosive atmospheres - Part 32-2: Electrostatics hazards - Tests
[38]ABNT NBR IEC 60079-33 - Atmosferas explosivas - Parte 33: Tipo de proteção especial "s"
[39]ABNT NBR ISO/IEC 60079-34 - Atmosferas explosivas - Parte 34: Aplicação de sistemas da qualidade para a fabricação de equipamentos
[40]ABNT NBR IEC 60079-35-1 - Atmosferas explosivas - Lanternas para capacetes para utilização em minas sujeitas a grisu - Parte 35-1: Requisitos gerais de construção e ensaios
[41]ABNT NBR IEC 60079-35-2 - Atmosferas explosivas - Lanternas para capacetes para utilização em minas sujeitas a grisu - Parte 35-2: Desempenho e outros requisitos relacionados com a segurança
[42]ABNT NBR ISO 80079-36: Atmosferas explosivas - Parte 36: Equipamentos não elétricos para atmosferas explosivas - Métodos e requisitos básicos
[43]ABNT NBR ISO 80079-37: Atmosferas explosivas - Parte 37: Equipamentos não elétricos para atmosferas explosivas - Tipos de proteção não elétricos: segurança construtiva "c", controle de ignição de fontes "b" e imersão em líquido "k"
[44]ABNT IEC TS 60079-39 - Sistemas intrinsecamente seguros com limitação de duração de centelha controlada eletronicamente: "Power-i"
[45]ABNT IEC TS 60079-40 - Atmosferas explosivas - Parte 40: Requisitos para selagem do processo entre fluídos inflamáveis do processo e sistema elétricos
[46]ABNT IEC TS 60079-46 - Atmosferas explosivas - Parte 46: Conjunto de equipamentos pré-montado
[47]ABNT NBR IEC 61892-7 - Unidades marítimas fixas e móveis - Instalações elétricas - Parte 7: Áreas classificadas
[48]Martins, P.; Coelho, M.; Estrutura profissional do laboratório de áreas classificadas da Escola Senai de Santos. Revista Potência, Caderno Atmosferas explosivas, Dezembro/2015.
[49]Bulgarelli, R.; Atualização da Norma ABNT NBR IEC 60079-14, Revista Potência, Novembro/2016.
[50]Bulgarelli, R.; Coluna mensal sobre instalações em atmosferas explosivas, Revista O Setor Elétrico. https://www.osetoreletrico.com.br/category/colunistas/roberval-bulgarelli/
[51]Nações Unidas, Marco Regulatório Comum para Equipamentos Utilizados em Ambientes de Atmosferas Explosivas, IEC Conformity Assessment Brochures, Nova Iorque e Genebra, 2011.
[52]Pieters, P.; Perbal, R.; Quantative "Ex" risk assessment: An alternative method for (parts of) rotating equipment. Petroleum and Chemical Industry Conference Europe (PCIC EUROPE), June 2011.
[53]Mistry, B.; Lawrence, W.G.; Bulgarelli, R.; Lienesch, F.; Motors for explosive gas atmosphere: Selection, installation, inspection, and maintenance following IEC 60079 Standards. Petroleum and Chemical Industry Conference Europe Conference Proceedings (PCIC EUROPE), 2012.
[54]Agius. C.; Jachia L.; International IECEx System - Evolution and role of the United Nations, Petroleum and Chemical Industry Conference PCIC Europe, Jun. 2012.
[55]Cole, M.; McManama, K. IECEx Certification of Personnel Competencies: Independently Verifying Individuals Who Work in Hazardous Areas. IEEE Industry Applications Magazine. Jan.-Feb. 2013.
[56]Arnhold, T.; IECEx International Certification System and the three operational areas: Certified Equipment Scheme Certified Service Facility Scheme and Certified Person Scheme, 2014 IECEx International Conference, Kuala Lumpur, Malaysia, February 2014.
[57]Sing, T.; IECEx System - A user's perspective, why are the IECEx and its three Schemes covering equipment, services and personnel competence useful to oil and gas producers: Technical integrity and compliance and User responsibilities, 2014 IECEx International Conference, Kuala Lumpur, Malaysia, February 2014.
[58]Allen, J.; Repair and overhaul of Ex equipment - Explanation of IEC 60079-19 requirements and the IECEx process for assessing a repair workshop's compliance with IEC 60079-19, 2014 IECEx International Conference, Kuala Lumpur, Malaysia, February 2014.
[59]Agius, C.; International Certification in the Field of Ex, 4th Hazardous Areas Conference, Melbourne, July 2014.
[60]Gavranic, Ivica; Vrazic, Mario; Sumina, Damir. New approach in electrical drives at risk of explosive atmospheres. 2015 International Conference on Electrical Drives and Power Electronics (EDPE).
[61]Jones, M.; Competency validation of electrical staff - How it enhances Ex workplace safety and asset protection, Petroleum and Chemical Industry Conference PCIC Middle East, Feb. 2015.
[62]Vu, T.; Repair and overhaul of Ex equipment - Explanation of IEC 60079-19 requirements and the IECEx process for assessing a repair workshop's compliance with IEC 60079-19, IECEx International Conference, Gdańsk, Poland, April 2015.
[63]Thurnherr, P.; Practical approach to Ex installations according to the requirements of IEC 60079-14 and the inspection requirements of IEC 60079-17, IECEx International Conference, Gdańsk, Poland, April 2015.
[64]Sinclair, R.; Overview of some national or regional Ex verification or approval systems and how use of IECEx facilitates such approvals in addition to providing international certification, IECEx International Conference, Gdańsk, Poland, April 2015.
[65]Schwarz, G.; Thurnherr, P.; Keane, B.; Lighting practices and applications, use of light sources or luminaries in hazardous areas, Petroleum and Chemical Industry Conference PCIC Europe, June 2015.
[66]Subcomitê SCB 003:031 (Atmosferas explosivas) da ABNT/CB-003 (Eletricidade)
http://cobei-sc-31-atmosferas-explosivas.blogspot.com/



Ingresso no Curso
O ingresso neste curso é realizado através de um processo seletivo, com base na ficha de inscrição, sendo que a ordem de inscrição pode ser utilizada, quando necessária.
Para ser considerado aprovado no Curso de Difusão "Instalações Elétricas em Atmosferas Explosivas" e ter direito ao respectivo Certificado de Conclusão, o participante deverá satisfazer os seguintes requisitos:
A) - Obter nota final igual ou superior a 7,0 (sete);
B) - Ter frequência igual ou superior a 75%.


ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - PECE/EPUSP reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.



Certificado
O certificado do Curso de Difusão, é emitido oficialmente pelo Universidade de São Paulo, e está condicionado à aprovação do aluno na avaliação, nota mínima de 7.0, com presença superior ou igual a 75%.
Investimento
O investimento deste curso em "Instalações Elétricas em Atmosferas Explosivas":

Valor total de R$ 2.580,00 ou em 3 parcelas mensais e consecutivas de R$ 860,00

Pagamento à vista tem 5% de desconto.


Para maiores informações, por favor, entrar em contato com a nossa Central de Apoio ao Aluno:

Atendimento online:  de segunda-feira à sexta-feira, das 08h30 às 20h00.

E-mail: atendimento@pecepoli.com.br
Depoimentos
Inscrições
Processo Seletivo:
1. O interessado em participar do Processo Seletivo deste curso deverá proceder da seguinte forma:
a) Preencher a Ficha de Inscrição;
b) Efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais), através de boleto bancário. O boleto bancário será enviado automaticamente para sua caixa postal logo após o preenchimento e envio da ficha de inscrição .O valor da taxa de inscrição será abatido na 2ª parcela do curso.

2. Seleção:
A seleção será feita com base nas informações fornecidas pelo interessado na ficha de inscrição.
Caso o interessado seja aprovado, receberá email do Centro de Apoio ao Aluno, com instruções para efetivar sua matrícula.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - PECE/EPUSP reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Centro de Apoio ao Aluno: atendimento@pecepoli.com.br
Telefone: (11) 2998-0000 Fax: (11)2998-0054
Segunda a sexta-feira das 08h30 às 20h30.
©Copyright 2018 PECE - Todos direitos reservados.