Gestão e Tecnologias Ambientais - MBA-USP - EAD - pecepoli

TENHO INTERESSE - MBA
Gestão e Tecnologias Ambientais – MBA-USP – EAD

Pacman


Dúvidas?
Para maiores informações, por favor, entrar em contato com a nossa Central de Apoio ao Aluno:
Atendimento online: de segunda-feira à sexta-feira, das 08h30 às 20h00.
E-mail: atendimento@pecepoli.com.br

Gestão e Tecnologias Ambientais – MBA-USP – EAD

O curso de Especialização em Gestão e Tecnologias Ambientais – MBA-USP a distância do PECE tem por objetivo, capacitar profissionais de diferentes áreas da Engenharia e das áreas afins, a atuar na gestão ambiental em todos os tipos de organizações.

• Carga Horária Total
480h
• Duração
30 meses
• Segunda-feira
19:30 - 22:30

Conteúdo

Estrutura curricular

O curso terá uma carga horária total equivalente a 420 horas de aula, além de um trabalho de conclusão de curso a ser apresentado pelos alunos ao seu final.

Esta carga horária se distribui por quatorze disciplinas, com o equivalente a 30 horas de aula cada, ao longo de sete trimestres (ou ciclo), com duas disciplinas por ciclo.

Ao término de cada dois ciclos consecutivos haverá uma avaliação presencial obrigatória das quatros disciplinas oferecidas nos mesmos (como parte do critério de avaliação) as datas das provas presenciais serão definidas pela coordenação do Curso. Por ocasião da avaliação ao final dos quinto ou sexto ciclos haverá também a apresentação dos trabalho de conclusão.

Duração

O prazo máximo para a conclusão do curso é de dois anos e meio (30 meses).

Disciplinas

1. Aspectos da questão ambiental - o planeta Terra, os comportamentos ambientais, a ação antrópica.

2. Padrões de produção e consumo - poluição e escassez.

3. Impactos de poluição ambiental e as escalas do problema - escala espacial, escala temporal.

4. Conceitos de definições - poluição, poluentes, fontes de poluição, aspecto, impacto, prevenção, controle.

5. Comportamento dos poluentes no meio ambiente.

6. Aspectos da gestão ambiental.

7. Impactos da poluição - sobre o meio físico, biótico, socio-economico; ecotoxicologia x toxicologia.

8. Aspectos da avaliação da qualidade ambiental - redes de monitoramento, padrões de qualidade.

9. Prevenção e controle da poluição - ações preventivas e corretivas.

10. Equipamentos e sistemas de controle, tecnologias limpas.

1. Mudanças climáticas globais e efeito estufa. Seqüestro de carbono. O protocolo de Quito, acordos internacionais e perspectivas.

2. Energia, sociedade e meio ambiente: Hábitos de consumo energético e suas implicações. Esgotamento de recursos naturais e impactos relacionados às tecnologias de geração e uso final. Fontes alternativas (solar, eólica, biomassa) e conservação de energia (programa de uso racional).

3. Empresa e meio ambiente: Introdução à minimização de resíduos tecnologias limpas. Conceitos de prevenção à poluição, análise de ciclo de vida, coeficiência, ecodesing, melhorias em processos, rotulagem e certificação ambientais. Comunicação empresarial voltada ao meio ambiente.

4. Transporte sustentável.

5. Biodiversidade: Apresentação de conceitos que explicam a diversidade de vida no planeta - fatores exógenos e endógenos. Posicionamento do Brasil em relação a outros países do mundo. Documentos legais, convenções relacionamento ao assunto, convenção da biodiversidade biológica e outras leis importantes. Unidades de conservação. Organismo geneticamente modificados. Acesso a recursos genéticos. Ecossistemas (cerrado e mata atlântica) fauna silvestre.

6. Sociedade e meio ambiente: Evolução da questão ambiental no âmbito das Nações Unidas e na relação empresa, estado e sociedade. Política nacional de meio ambiente e seus instrumentos de gestão - Avaliação de impacto ambiental.

7. Proteção à camada de Ozônio. A distribuição da camada de ozônio e o Protocolo de Montreal. Alternativas para usuários de substâncias destruidoras do ozônio estratosférico (SDOs).

Abordagem histórica da questão ambiental.

Cenário econômico global.

A situação das empresas frente à questão ambiental.

A situação no Brasil.

Conceitos básicos de ciência ambiental.

Desenvolvimento sustentável.

Porque uma empresa deve melhorar seu desempenho ambiental.

Normas da série ISO 14000.

Sistemas de gerenciamento ambiental.

Implantação de um sistema de gestão ambiental.

Planejamento estratégico da organização.

Elaboração do plano. Aspectos e impactos ambientais.

Análise de risco (conceitos fundamentais).

Plano de ação e programa de gestão ambiental.

Implementação e operacionalização do plano.

Conscientização e treinamento.

Documentação do SGA. Controle operacional.

Auditorias ambientais.

Certificação ambiental e avaliação do desempenho ambiental da empresa.

Selos verdes.

Organismos governamentais e legislação ambiental.

Estudo de impactos ambientais (EIA-RIMA).

Estudo de casos.

1. O meio ambiente na Constituição. Distribuição de competências entre a União, estados e municípios; O Art. 225 - que dispõe sobre o meio ambiente; Outros dispositivos constitucionais de interesse para o meio ambiente.

2. Política Nacional do Meio Ambiente e Sistema Nacional do Meio Ambiente: Definições e conceitos. Princípios, objetivos e instrumentos SISNAMA O CONAMA e suas competências.

3. Normas sobre controle da poluição ambiental Poluição das águas (abrangendo a gestão dos recursos hídricos e a cobrança por seu uso - usuário pagador); Poluição do ar e ruído Poluição por resíduos sólidos.

4. Código Florestal e legislação sobre Mata Atlântica.

5. Zoneamento como instrumento de gestão ambiental.

6. Gerenciamento costeiro.

7. Sistemas de licenciamento ambiental.

8. Estudo de impacto ambiental.

9. Unidades de conservação: parques, reservas biológicas, estações ecológicas, áreas de relevante interesse ecológico, reservas ecológicas, áreas de proteção ambiental e outras.

10. Poder de política - infração e penalidades. Responsabilidades do poluidor e dos agentes públicos Penalidade administrativa A lei no. 9.605/98 e os crimes ambientais Responsabilidade civil.

11. Ação do Ministério Público, Ação Civil Pública e Ação Popular.

1. Noções se sistemas de gestão. Conceitos de gestão. Exemplos de casos.

2. Noções de riscos ambientais e de segurança ao negócio. - Sustentabilidade do negócio.

3. Legislação ambiental. Legislação brasileira. Legislação internacional.

4. Política de segurança e de maio ambiente. Conceitos básicos. Preparação de política. Exercícios. Exemplos práticos.

5. Diagnósticos. realização de diagnósticos. Preparação para a realização. Métodos de diagnósticos. Exercícios.

6. Auditorias. Tipos. Conceitos. Exemplos práticos. exercícios.

7. ISO-14001 e OHSAS 18001. Conceito. Apresentação das Normas.

1. Apresentação do curso. Conceitos e definições básicas: impacto ambiental, poluição, degradação ambiental, qualidade ambiental, avaliação de impacto ambiental (AIA), estudo de impacto ambiental (EIA), relatório de impacto ambiental (RIMA). Estudos Ambientais.

2. Breve histórico da avaliação de impacto ambiental. Quadro jurídico e institucional da AIA no Brasil.

3. O processo de avaliação de impacto ambiental e seus componentes: triagem, avaliação inicial, termos de referência, preparação e apresentação dos estudos, análise dos estudos, consulta pública, processo decisório, acompanhamento e monitoramento, auditoria.

4. Etapas da elaboração de um estudo de impacto ambiental: identificação das questões relevantes, estudos de base, previsão e avaliação dos impactos, plano de gestão.

5. Identificação das questões relevantes e termos de referência.

6. Estudos de base e diagnóstico ambiental.

7. Previsão e avaliação da importância de impactos.

8. Análise de riscos e estudos de impacto ambiental.

9. Técnicas de consulta e participação pública.

10. A apresentação dos resultados e a redação do EIA e do RIMA.

1. Licenciamento ambiental e os diferentes tipos de estudos ambientais.

2. Levantamento de informações ambiental, fontes nacionais e estrangeiras.

3. Noções de cartografia e sensoreamento remoto aplicadas a estudos ambientais.

4. Diagnóstico e previsão de impacto sobre o meio físico.

5. Diagnóstico e previsão de impactos sobre o meio biótico.

6. Diagnóstico e previsão de impactos sobre o meio antrópico.

7. Exercícios prático - 1ª parte.

8. Programas de gestão ambiental. Exercício prático - 2ª parte.

9. Acompanhamento e monitoramento ambiental. Exercício prático - 3ª parte.

10. Relatórios de andamento. Auditoria ambiental. Relação entre avaliação de impacto ambiental e sistemas de gestão ambiental.

1. Relacionamentos da economia com meio ambiente.

1.1 Valor dos bens ambientais.

1.2 Desenvolvimento sustentável.

1.3 Agentes da obtenção da qualidade ambiental.

1.4 Externalidades. Interiorização dos custos ambientais.

1.5 Políticas ambientais.

1.6 Análise de custo-benefício.

1.7 Conceitos de economia aplicado à ecologia

1.7.1 Curvas da indiferença.

1.7.2 Curvas de demanda e oferta.

1.7.3 Exemplo de aplicação em problema sobre comércio internacional.

1.8 Análises de custo-benefício.

1.8.1 Custos e benefício marginais Exemplo com problema sobre o livre acesso aos bens ambientais.

1.8.2 Exemplo de ajustagem da produção ao se internalizar externalidades.

1.8.3 Exemplo da utilização do conceito de "Custos Marginais" para a definição de um instrumento econômico do tipo "fixação de cotas de emissão".

1.9 Instrumentos econômicos.

1.10 O meio ambiente como oportunidade de negócios.

1.11 Os principais problemas ambientais brasileiros.

2 Importância da gestão de custos ambientais.

2.1 O controle de custos.

2.2 Benefícios resultantes da gestão de custos ambientais.

3 Estabelecimento dos custos da qualidade ambiental.

3.1 Alguns conceitos de contabilidade de custos.

3.2 Classificação dos custos ambientais.

3.3 Custos da qualidade - a procura do mínimo custo total.

3.4 Procedimentos empresariais para obtenção e classificação dos custos ambientais.

4 Controle de investimentos.

4.1 Centros de responsabilidade.

4.2 Retorno dos investimentos.

4.3 O entendimento entre os setores.

4.4 Empreendimentos e projetos.

4.5 A espiral de projeto.

4.6 Orçamentos e sua preparação.

4.7 Controle orçamentário e controle financeiro.

4.8 Os custos ambientais como ferramenta da orçamentação e controle.

4.9 As curvas de comprometimento e dispêndio de recursos.

4.10 A preparação de especificações técnicas com vistas à melhor escolha.

5 Avaliação de investimentos.

5.1 O valor do dinheiro no tempo.

5.2 Medidas financeiras para julgamento de opções de melhoria ambiental.

5.3 Taxa de desconto.

5.4 Indice de custo / benefício.

5.5 Rentabilidade simples e período de retorno do capital.

5.6 Valor presente líquido e taxa interna de retorno.

5.7 Taxa interna de retorno econômico.

5.8 Exemplo numérico de avaliação de investimentos.

6 A tomada de decisões.

6.1 Identificação de alternativas.

6.2 A escolha da melhor opção entre diversas alternativas.

6.3 Análise de custo-benefícios: análise das consequências financeiras das decisões operacionais.

6.4 Avaliação de projetos de investimentos quando se consegue estimar probabilidades de eventos futuros (decisões em condições de risco; abordagem de equivalentes à certeza; conceitos de estatística; árvore de probabilidades ou árvore de decisões).

6.5 Critérios para avaliação de projetos de investimentos com decisões em condições de incerteza (quando não se consegue avaliar a probabilidade de eventos futuros).

1. Introdução ao Tema: o passado, o presente e o futuro. A necessidade de mudança de paradigma: motivos, barreiras e a situação atual. As interrelações entre energia, meio ambiente e desenvolvimento.

2. O conceito de desenvolvimento Sustentável. A importância da equidade e da focalização no ser humano. A busca de identificação da sustentabilidade. Indicadores possíveis para avaliação das condições de sustentabilidade - exemplos e discussão da viabilidade de aplicação.

3. A importância do enfoque integrado multidisciplinar e as dimensões econômicas, tecnológicas, sociais, ambiente e políticas. A necessidade de mudança de paradigma. O cenário energético atual: Energia e desenvolvimento, energia e meio ambiente, tendências energéticas globais, tendências de consumo e cenários energéticos, tendências de intensidade energética.

4. A importância da visão integrada: energia como vetor da infraestrutura para o desenvolvimento. Sinergias dos componentes da infraestrutura para o desenvolvimento: energia, telecomunicações, transporte, águas e saneamento. Sugestões para os países em desenvolvimento - uma gestão integrada de recursos para o desenvolvimento.

5. Técnicas avançadas de planejamento dos sistemas de energia e a incorporação de conceitos do desenvolvimento sustentável. Planejamento Integrado de Recursos. Análise de Custos Completos e Análise de Ciclo de Vida. Gestão Integrada de Recursos como forma de viabilizar projetos.

6. Discussões e Estudos de Caso: Planejamento Integrado de Recursos Energéticos; Planejamento Integrado de Recursos em Bacias Hidrográficas; Gestão Integrada de recursos de infraestrutura.

1. Definição do conceito de valoração econômica de impactos ambientais.

2. Descrição das principais metodologias empregadas.

3. Avaliação comparativa das metodologias: vantagens x desvantagens.

4. Exemplos de casos brasileiros, europeus e norteamericanos.

5. Aplicação prática.

Conceitos Básicos: Produção mais Limpa.

Tecnologia mais limpas.

Tratamento de fim de tubo.

Minimização de Resíduos.

Conceitos.

Evolução.

Disposição. Co-processamento.

Reciclagem.

Prevenção da Geração de Resíduos.

Mudanças tecnológicas.

Modificações de processo.

Modificações de materiais.

Modificações de produtos.

Processos intrinsicamente limpos.

exercícios.

Balanços: Balanços de massa e de energia.

Inventários de resíduos.

Exemplos de casos.

Ciclo de Vida: Definição de objetos.

Levantamento de dados "do berço ao túmulo".

Análise do impacto.

Elaboração de propostas hierarquizada.

Exemplos de casos.

1. Fundamentos. Conceitos e definições. Aspectos toxicológicos. Legislação. NBR 10.004. Programa nacional de resíduos sólidos. Caracterização física e química de resíduos sólidos. Aspectos microbiológicos.

2. Métodos de disposição final. Aterro sanitário. Incineração. Co-processamento. Enclausuramento. Centrais de gerenciamento de resíduos.

3. O resíduo com fonte de negócio. Conceitos de subproduto. Metodologia para desenvolvimento de subprodutos. Gestão de resíduos com foco no desenvolvimento de subprodutos. Bolsas de resíduos.

4. Reaproveitamento de resíduos. Reciclagem: conceitos; métodos de reciclagem; contaminantes; aspectos mercadológicos. Revalorização: contagem; geração de biogás.

1. A necessidade de mudança nas estratégias de gerenciamento de água nas indústrias: escassez de água e os conflitos resultantes; legislação sobre hídricos; uso da água e desenvolvimento sustentável.

2. O uso da água na indústria: principais usos da água na indústria; requisitos de quantidade e de qualidade; técnicas de tratamento para obtenção de água para uso industrial.

3. Efluentes industriais: geração de efluentes nos processos industrias; critérios para coleta e tratamento; principais técnicas de tratamento disponíveis; planejamento do sistema de tratamento com enfoque no reúso.

4. Otimização do uso da água na indústria: avaliação de processos industriais; identificação da demanda de água por atividade; alternativa para recionalização do uso da água.

5. Reúso de água e efluentes: alternativas para reúso de água e efluentes tratados; potencial de reúso em cascata; determinação do potencial de reúso de efluentes tratados; limitações associadas à prática de reúso de efluentes tratados.

6. Novas ferramentas para a otimização do uso da água na indústria: análise de mínimo consumo de água e geração de efluentes (Water Pinch Analysis).

1. Introdução - Conceitos. Evolução histórica. Aplicações.

2. Vida de processos e de produtos.

3. Insumos materiais e energéticos.

4. Metodologia de execução de análise de ciclo de vida. Definição e limites. Inventário do ciclo de vida. Avaliação dos impactos ambientais.

5. Exemplo de casos.

Critério Geral de Aprovação e obtenção de certificado USP

Para ser considerado aprovado no Curso “Gestão e Tecnologias Ambientais – MBA-USP”, e ter direito ao respectivo Certificado de Conclusão, o participante deverá satisfazer todos os seguintes requisitos:

  • ter frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) em cada uma das disciplinas e atividades;
  • obter nota final igual ou superior a 7,0 (sete) em cada uma das disciplinas cursadas. A avaliação em cada disciplina será feita de acordo com o critério previamente estabelecido em cada uma delas, envolvendo provas, trabalhos, etc.;
  • ter se inscrito e realizado na atividade Monografia devendo obter nota final igual ou superior a 7,0 (sete), em avaliação realizada por banca examinadora.

Período de realização

O aluno deverá realizar e concluir o curso conforme cronograma de atividades e disciplinas disponibilizadas em cada ciclo do PECE e cumprir o cronograma financeiro aceito no ato da matrícula com a assinatura do Termo de Compromisso.

Oferecimento e realização das disciplinas

As disciplinas serão oferecidas nos ciclos do PECE, a critério deste.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

A sustentabilidade ambiental é hoje uma das maiores preocupações para o desenvolvimento da humanidade, tanto em relação aos aspectos social, político e econômico, quanto, principalmente, em relação aos aspectos técnicos.

Esta nova realidade faz com que todos os segmentos ativos da sociedade tenham que buscar formas para controlar ou preferencialmente prevenir os impactos ambientais decorrentes de suas atividades.

Objetivo

O Curso de Especialização em Gestão e Tecnologias Ambientais – MBA-USP a Distância do PECE tem por objetivo capacitar profissionais de diferentes áreas da engenharia e das áreas afins, a atuar na gestão ambiental em todos os tipos de organizações.

Público-Alvo

Este curso destina-se a empresários, executivos, engenheiros, tecnólogos e outros profissionais de nível superior interessados em aprofundar seus conhecimentos nessa área.

Local & horário realização do curso

As aulas serão ministradas à distância, às segundas-feiras, no horário noturno das 19h30 às 22h30.

As  avaliações  finais  das disciplinas,  bem  como  a  apresentação  da  monografia  serão  presenciais na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. A monografia, desenvolvida de forma individual, será avaliada por uma banca de professores. E o tema deverá ser pertinente à gestão e tecnologias ambientais.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Coordenado pelo Prof. Dr. Wilson Miguel Salvagnin, o curso reúne, em seu corpo docente, professores da Escola Politécnica e especialistas convidados, entre eles:

• Eduardo Antonio Licco
• Flavio de Miranda Ribeiro
• Gil Anderi da Silva
• Guglielmo Taralli
• Léa Vargas Ferracini Sotto Mayor
• Lineu Belico dos Reis
• Luana Di Beo Rodrigues
• Luis Enrique Sánchez
• Luiz Antonio Abdalla de Moura
• Mauricio Costa Cabral da Silva
• Renata Oliveira Pires Castanho

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

O investimento deste curso:

Valor total de R$ ou em 24 parcelas mensais e consecutivas de R$

Pagamento à vista tem 5% de desconto.

Para maiores informações, por favor, entrar em contato com a nossa Central de Apoio ao Aluno:
Atendimento online:  de segunda-feira à sexta-feira, das 08h30 às 20h00.
E-mail: atendimento@pecepoli.com.br

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Processo seletivo
1. O interessado em participar do Processo Seletivo deste curso deverá proceder da seguinte forma:
a) Preencher a Ficha de Inscrição;
b) Efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais), através de boleto bancário. O boleto bancário será enviado automaticamente para sua caixa postal logo após o preenchimento e envio da ficha de inscrição. O valor da taxa será abatido na 2ª parcela do Curso.
2. Seleção:
A seleção será feita com base nas informações fornecidas pelo interessado na “Ficha de Inscrição”.
Caso o interessado seja aprovado, receberá e-mail do Centro de Apoio ao Aluno, com instruções para efetivar sua matrícula.
Lembrando que, a participação no processo seletivo só será possível com a confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

Datas de inscrição e matrícula
Inscrições: Até 25/02/2021
Entrevista: não há.
Resultado: por e-mail ou telefone.
Matrículas: Até 26/02/2021
Início das Aulas: 01/03/2021.

Matrícula no curso
Para matricular-se neste curso o interessado deve ter sido aprovado no respectivo Processo Seletivo.
O inscrito que for aprovado no Processo Seletivo, deverá nos apresentar no ato da matrícula, uma cópia simples (que será retida ) e original dos seguintes documentos:
a) CPF;
b) RG;
c) Diploma do curso superior;
d) Comprovante de residência;
e) 01 foto 3X4 recente;
f) Termo de compromisso de pagamento das parcelas financeiras referentes ao valor de investimento do curso.

A efetivação da sua matrícula deverá ser devidamente confirmada pelo Centro de Apoio ao Aluno.
A matrícula somente será considerada efetuada mediante o nosso recebimento de todos os documentos necessários acima mencionados.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Certificação USP


Para que o aluno conquiste o certificado do curso de Gestão e Tecnologias Ambientais – MBA-USP – EAD, emitido oficialmente pela Universidade de São Paulo, deverá ser aprovado em todas as disciplinas do curso, com nota mínima de 7,0 e presença acima ou igual a 75%, assim como a aprovação da sua monografia pela banca examinadora.

Certificado USP

Processo de inscrição

Para realizar a inscrição e participar do Processo Seletivo o candidato deverá proceder da seguinte forma:

PRÉ-REQUESITOS

Espera-se dos candidatos, sólida formação superior, conhecimentos básicos de inglês e experiência profissional.

PAGAMENTO

Efetue o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (Cento e cinquenta reais), por meio de boleto bancário, enviado automaticamente para o e-mail cadastrado.

O valor da taxa será abatido na 2ª parcela do curso. Caso o candidato não seja aprovado, esse valor não será devolvido.

SELEÇÃO

A seleção será feita com base nas informações fornecidas pelo interessado na “Ficha de Inscrição”. Caso o interessado seja aprovado, receberá e-mail do Centro de Apoio ao Aluno, com instruções para efetivar sua matrícula.

Só será possível participar do processo seletivo, após a confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - PECE/EPUSP reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Estrutura
de qualidade

Histórias de Sucesso

Torne-se um líder produtivo no mercado.