MBA POLI USP Sustentabilidade e Tecnologias Digitais - Síncrono/ao vivo - pecepoli

PRÉ INSCRIÇÃO - MBA
MBA POLI USP Sustentabilidade e Tecnologias Digitais – Síncrono/ao vivo

Pacman


Dúvidas?
Para maiores informações, por favor, entrar em contato com a nossa Central de Apoio ao Aluno:
Atendimento online : de segunda-feira à sexta-feira, das 08h30 às 20h00.
E-mail: atendimento@pecepoli.com.br

MBA POLI USP Sustentabilidade e Tecnologias Digitais – Síncrono/ao vivo

Hoje, de um modo ou de outro, todas pessoas precisam ter algum conhecimento mesmo que básico sobre como usar as tecnologias digitais

• Carga Horária
510h
• Duração
24 meses
• 2ª a 5ª feiras
19h30 - 22h30
• Turma
2024
• Início
13/05/2024

Conteúdo

Estrutura Curricular

A carga horária conjunta das duas atividades será de 510 horas aula, composta por 450 horas de disciplinas e 60 horas de atribuídas à monografia. A duração total prevista do curso é de 24 meses.

O curso está organizado em 3 áreas temáticas:

1. Tecnologias Digitais

STD-001 – Big Data e Governança de Dados

STD-002 – Computação em Nuvem

STD-011 – Infraestruturas de Comunicação Digital

STD-013 – Inteligência e Big Data Analytics

STD-015 – Mobilidade e IoT (internet das Coisas)

STD-018 – Realidade Virtual, Realidade Aumentada e Metaversos: Conceitos, Tecnologias e Aplicações

STD-019 – Segurança Cibernética, Politica e Serviços.

STD-020 – Sistemas Distribuídos e BlockChain

STD-025 – Tecnologias Digitais Emergentes – Inteligência Artificial

2. Sustentabilidade e Inovação

STD-004 – Criatividade e Design de Produtos e Serviços

STD-012 – Inovação Tecnológica

STD-007 – Empreendedorismo e Negócios Socioambientais

STD-010 – Governança Corporativa e ESG

STD-016 – Negócios Digitais

STD-021 – Startup Enxuta (Lean Startup)

STD-022 – Sustentabilidade em Tecnologia

STD-023 – Sustentabilidade Financeira

STD-024 – Sustentabilidade na Gestão Empresarial

3. Gestão e Pessoas

STD-003 – Comunicação e Marketing Digital

STD-005 – Direito no Mundo Digital

STD-008 – Estratégia Empresarial

STD-009 – Gestão de Projetos

STD-014 – Liderança e Ética para o Mundo Digital

STD-017 – Profissões do Futuro e Suas Competências

STD-006 – Elaboração Orientada de Monografia

As aulas serão ministradas no formato a distância, ao vivo, no horário noturno, das 19h30 às 22h30, de segunda-feira, terças-feiras, quartas-feiras e quintas-feiras.

As  avaliações  finais  das disciplinas,  bem  como  a  apresentação  da  monografia  serão realizadas no formato a distância, ao vivo. A monografia, desenvolvida de forma individual, será avaliada por uma banca de professores. E o tema deverá ser pertinente à Tecnologias Digitais e Inovação Sustentável.

Ementas das Disciplinas

1. Introdução a Big Data

1.1. Definição de Big Data.

1.2. Oportunidades e desafios existentes.

1.3. O perfil do profissional cientista de dados.

1.4. Big Data e sustentabilidade.

1.5. As fases de um projeto de Big Data.

2. Governança de Dados na Era de Big Data

2.1. O papel do Chief Data Officer - CDO.

2.2. Processos chaves da Governança de Dados

2.3. Frameworks de Governança de Dados

2.4. Silos de Dados versus Data Lake

3. Projeto de Big Data - Fase de captura e armazenamento de dados

3.1. Dados internos e dados externos

3.2. APIs para captura de dados

3.3. Tecnologia NoSQL versus banco de dados relacional

4. Projeto de Big Data - Fase de processamento dos dados

4.1. Descobrindo o Hadoop

4.2. Armazenamento de dados no Hadoop

4.3. O modelo de programação MapReduce

4.4. Aplicabilidade do Hadoop

4.5. Casos de uso

5. Projeto de Big Data - Fase de análise de dados

5.1. As 4 categorias de analytics

5.2. Técnicas de mineração de dados

5.3. Técnicas de aprendizado de máquina

5.4. Uso da linguagem R

6. Projeto de Big Data - Fase de visualização de dados

6.1. Obtendo desempenho com a visualização de dados

6.2. Técnicas de visualização de dados

6.3. Casos de uso inspiradoress.

1. Conceituação

2. Fundamentos sobre Computação em Nuvem

2.1 Arquitetura de Sistemas em Nuvem

2.2 Modelos de Serviços em Nuvem

2.3 Modelos de Classes de Serviço

3. Exemplos de Serviços Públicos de Nuvem

4. Fundamentos Tecnológicos

4.1 Virtualização de Máquinas e Redes

4.2 Sistema de Armazenamento

5. Segurança em Ambientes de Computação em Nuvem

6. Adoção de Computação Em Nuvem - Desafios e Riscos

7. Indicadores, Métricas e Gestão dos Recursos

7.1 Qualidade de Serviço

7.2 SLA (Service Level Agreement)

8. Padrões de Mercado

9. Estudos de casos práticos de utilização de serviços de Nuvem

1. Conceitos Básicos do Marketing: estratégias e práticas. 
2. Fundamentos do composto mercadológico - 4P's. 
3. Medição e análise de resultados em Comunicação e Marketing. 
4. Aquisição e retenção de clientes. 
5. Branding - conceitos e estratégias de marca. 
6. Estratégias e práticas em Marketing Digital e Redes Sociais. 
7. Conceitos básicos de comunicação e sua aplicação às midias digitais. 
8. Estudos de caso: Desenvolver senso crítico para análise de estratégias de marketing e comunicação 
9. Elaboração de planos de marketing, comunicação e educação em midias digitais. 

1. A Inovação e o Design 
2. O Design e o Modelo de Negócios 
3. A Criatividade e o Design nas Organizações 
4. Criando novos produtos e serviços 
5. Design Thinking 
6. Outras abordagens de Co-Criação 
7. Estudo e Avaliação de Casos 

1. Direito no Mundo Cibernático 
1.1 Contratos Informáticos (Objeto e Serviços na Internet) 
1.2 Contratos Telemáticos (Contratos Celebrados na Internet) 
1.3 Natureza Juridica e Legislação base regular os Contratos Informáticos e Telemáticos 
1.4 Exemplos de contratos e aplicação 
2. Direito de Propriedade Intelectual 
3. Marco Civil da Internet 
4. Crimes Cibernéticos 
4.1 O que são Crimes Cibernéticos? 
4.2 Principios Penais do Direito Penal Eletrônico 
4.3 Tipos de Crimes em Especie 
4.4 Estudo de Caso: Crimes em Sistemas Corporativos 
5. Analise Forense 
6. Estudos de Casos 

1. Natureza da Pesquisa Científica. 
2. Introdução à Metodologia Científica. 
3. Etapas da pesquisa científica. 
3.1. Pesquisa bibliográfica e documental. 
3.2. Pesquisa de campo. 
3.3. Pesquisa eletrônica. 
3.4. Fontes de informação. 
3.5. Coleta e análise de dados. 
4. Projeto de pesquisa em TI. 
5. Organização e documentação. 
6. Produção científica. 
7. Estrutura das produções científicas. 
8. Normas para a produção científica; Índice e fatores de avaliação da produção científica. 
9. Trabalho prático: Apresentação do método a ser empregado no desenvolvimento da pesquisa referente ao trabalho de monografia. 

1. Conceituação de Empresa Sustentável, Negócios Socioambientais e Organizações Híbridas. 
2. Resgate histórico do surgimento de empreendimentos e negócios socioambientais 
3. Sustentabilidade como desafio e oportunidade de negócio. 
4. Espectro de Organizações híbridas: Negócios Socioambientais como tipo ideal de organização híbrida 
5. Empreendedor Socioambiental (Liderança para um Negócio Social) 
6. Ecossistema de empreendimentos socioambientais: diferentes atores e papeis 
7. Caracterização de diferentes modelos de Empreendimentos Socioambientais 
8. Desafios de gestão e governança de organizações hibridas: 
8.1. Atividades organizacionais centrais (core business). 
8.2. Composição da força de trabalho. 
8.3. Desenho organizacional. 
8.4. Relações Inter organizacionais. 
8.5. Cultura organizacional (incluindo Gestão de Mudança). 
9. Cadeia de Valor de Impacto e Geração de Valor Socioambiental. 
10. Sistemas de indicadores e métricas para Avaliação de um Empreendimento Socioambiental 
11. Mecanismos e Soluções de Mensuração, Governança e Prestação de Contas 

.1 Planejamento Estratégico. 
.2 Conceituação sobre Estratégia e Sua Importância. 
.3 Visão Geral sobre Indicadores de Desempenho e Sustentabilidade. 
.4 Método para Desenvolvimento de um Plano Estratégico 
4.1 Missão e Visão de Negócios 
4.2 Objetivos e Metas 
4.3 Cultura e Valores da Organização 
4.4 Avaliação das Competências 
4.5 Análise do Ambiente Interno (Pontos Fracos e Pontos Fortes) 
4.6 Análise do Ambiente Externo (Oportunidades e Ameaças) 
4.7 Elaboração dos Planos de Ações 
.5 Modelos de Estratégicos 
5.1 Modelos de Porter: 5 Forças e Diamond. 
5.2 Matriz de Produto/Mercado (Ansoff) 
5.3 Balanced ScoredCard 
.6 Avaliação da Execução do Planejamento Estratégico sob a óptica de desempenho e Sustentabilidade. 
.7 Estudos de Caso 

1. A importância do Planejamento e Gestão de Projetos 
2. Ciclos de Vida de um Projeto 
3. Identificação de indicadores de desempenho e sustentabilidade associados à gestão de projetos. 
4. Planejamento de Projetos 
4.1 Definição do escopo e metas do projeto. 
4.2 Especificação das atividades do projeto com suas entregas. 
4.3 Detalhamento de custos, prazos e recursos humanos. 
5. Gestão de Projetos 
5.1 Seleção de uma ferramenta para gestão de projetos. 
5.2 Definição de indicadores para acompanhamento da execução de projetos. 
6. Exemplos práticos de aplicação de métodos e técnicas de gestão de Projetos. 
7. A modernização na Gestão de Projetos com o PMO digital e a utilização de iPMS (Integrated Platform Management System) 

1. Desafios de Gestão de Infraestruturas Digitais.

2. Gestão de Sistemas de Computação em Nuvem.

3. Gestão de Infraestruturas de Comunicação.

4. Gestão de Mídias e Conteúdos Digitais.

5. Indicadores de Desempenho e Sustentabilidade de Infraestruturas Digitais

5.1. Identificação de indicadores de avaliação de Desempenho e Sustentabilidade de Infraestruturas Digitais.

5.2. Mapeamento de Indicadores de Desempenho e Sustentabilidade em Métricas de Gerenciamento.

6. Desafios da Tarifação, Desempenho e Segurança da Solução de Gerenciamento.

7. Alinhamento entre Governança e Gestão de Infraestruturas Digitais.

8. Modelo de Governança de Infraestruturas Digitais

9. Estudos de Casos práticos de implantação de Soluções de Gestão e Governança de Infraestruturas Digitais.

1. Visão Geral sobre redes de computadores 

1.1 História e evolução das redes. 

1.2 O papel das redes nas mudanças organizacionais. 

1.3 Desafios na caracterização das redes e suas taxonomias. 

2. Análise da arquitetura de rede 

2.1 Modelagem da rede em camadas. 

2.2 Funções, serviços e protocolos de rede. 

2.3 Discussão sobre o Modelo OSI como modelo de referência. 

2.4 Comparativo com o Modelo TCP/IP. 

2.5 A adoção da arquitetura de rede como padrão de mercado. 

3. Descrição da arquitetura TCP/IP 

3.1 Estudo dos protocolos. 

3.2 Funcionamento da rede TCP/IP. 

3.3 Aspectos do IP e sua migração para IPv6. 

3.4 Aspectos do TCP. 

4. Estudo das Redes locais e suas aplicações 

4.1 Características das redes locais 

4.2 A rede Ethernet e suas evoluções: Fast Ethernet, Gigabit Ethernet, 10 Gigabit Ethernet e 100 Gigabit Ethernet 

4.3 Redes sem fios WiFi e os padrões IEEE 802.11 b/g/n/ac 

4.4 Aspectos de segurança das redes locais 

4.5 Visão geral dos equipamentos de rede 

5. Redes de longa distância e a Internet 

5.1 Principais tecnologias de redes de longa distância 

5.2 Evolução das Redes Frame Relay para MPLS 

5.2 Interconexão de redes 

5.3 Exemplos de Redes de Telecomunicação 

6. Tendências em Direção as Redes Definidas Por Software 

6.1 Dissociação de Plano de Dados e Controle 

6.2 Programação em Redes 

7. Tratamento de diferentes tipos de dados e aplicações com qualidade de serviço 

7.1 Requisitos dos tipos de dados: dados, voz e vídeo. 

7.2 Princípios básicos de qualidade de serviço. 

7.3 Exemplos de Aplicações com Requisitos Críticos de Rede: 

7.3.1. Aplicações de Telemedicina. 

7.3.2. Aplicações de Cinema Digital: Cinema 4K e 8K 

7.3.3. Aplicações Científicas com Uso Intensivo de Dados. 

8. Impacto das Redes de Comunicação 

8.1 Aspectos de serviço, processos e modelos de negócios 

8.2 Impacto ambiental: consumo energético e materiais 

8.3 Impacto Social: Redes Sociais e Inclusão Digital. 

1. Inovação Tecnológica como Vantagem Competitividade 

2. Fatores propícios e inibidores de inovação 

3. Ciclos de Inovação 

4. Tendências 

4.1. Inovações criadas pelo usuário/cliente. 

4.2. Tecnologias Emergentes 

4.3. Sustentabilidade como fator de inovação. 

5. O Impacto da Economia Digital 

5. Inovação Aberta & Fechada 

6. Inovação Aberta 

6.1 Vantagens e Desvantagens 

6.2 Estratégia de Inovação Aberta 

6.3 Modelos de Negócios 

6.4 Desafios: Direitos Autorais 

6.5 Estudos de Casos 

7. Inovação orientada a Tecnologias Emergentes 

8. Inovação orientada à Sustentabilidade 

8.1 Soluções com Uso Racional de Recursos. 

8.2 Tecnologias para atender Comunidade Com Poucos Recursos 

8.3 Estudos de Casos 

9. Estratégias de Inovação 

9.1 Tipos de Estratégia de Inovação 

9.2 Formulação de Estratégia de Inovação 

9.3 Capacitação de Profissionais 

9.4 Indicadores Sócio-Ambientais e Econômicos de Avaliação da Estratégia. 

10. Avaliação do Impacto da Inovação Tecnológica para empresa e sociedade 

10.1 Impacto Competitivo. 

10.2 Impacto Sócio-ambiental e Economico. 

11. Estudos de Casos

1. Introdução a Computação Cognitiva

1.1. Fundamentos da computação cognitiva

1.2. Inteligência humana versus inteligência de máquina

1.3. O que torna um sistema cognitivo?

1.4. Obtendo percepções a partir de Big Data

2. Porque a computação cognitiva precisa de humanos

2.1. Aspectos de dados gerados por humanos

2.2. Aplicações do processamento de linguagem natural na resolução de problemas

2.3. Aplicações de análise cognitiva

3. Computação Cognitiva e Watson

3.1. Como o IBM Watson oferece computação cognitiva

3.2. O ecossistema IBM Watson

3.3. Casos de uso do IBM Watson

4. Watson na Prática - Construindo uma aplicação cognitiva com IBM Watson

5. Computação Cognitiva aplicada aos negócios

5.1. Vantagens e desafios de novos modelos disruptivos

5.2. Como aplicações cognitivas podem mudar o mercado

5.3. O que esperar da computação cognitiva para o futuro


1. As principais abordagens sobre o conceito de líder e de liderança. 
1.1. O que é um líder. 
1.2. Conceitos de liderança. 
2. As principais características do líder. 
3. O desenvolvimento de liderança. 
4. A dinâmica do mercado atual e a sustentabilidade como responsabilidade social individual e institucional. 
5. A proposta do desenvolvimento sustentável e sua relação com o desenvolvimento tecnológico. 
6. A relação entre o critério ético da conduta humana e o desenvolvimento sustentável 
7. Tecnologia como transformação do mundo: critérios para a relação entre o homem e a natureza 
8. Ética e moral. Ética: uma questão de inteligência 
9. Ética empresarial e sustentabilidade: aplicações do conceito de Ética no mundo de hoje 
9.1. Gestão da ética, transparência e responsabilidade corporativa; 
9.2. Responsabilidade social e ambiental empresarial 
10. Ética, Sustentabilidade e Tecnologia 
10.1. Propriedade Intelectual 
10.2. Critério ético e uso sustentável da tecnologia 
11. A liderança sustentável como meio de desenvolvimento social e econômico. 
12. Formação, imagem, liderança e suas relações. 
13. Personalidades líderes. 

1. Conceitos básicos 

1.1 Definição de computação ubíqua e pervasiva 

1.2 Internet Ubíqua e mobilidade 

1.3 Componentes principais: sensores, dispositivos de interação com o usuário, e computadores e dispositivos movies 

2. Uso inteligente da Internet Ubíqua 

2.1 Cenário atual da Internet Ubíqua 

2.2 Novas oportunidades de negócios e o fator de sustentabilidade 

2.3 Ideias e aplicações baseadas na Internet Ubíqua 

2.4 Estudos de caso 

3. Visão geral das tecnologias utilizadas na Computação Ubíqua 

3.1 Sensores, atuadores e dispositivos móveis 

3.2 Identificação de objetos e pessoas 

3.3 Localização por sistemas de satélites, celulares e outras tecnologias 

3.4 Redes de comunicação de dados e redes embarcadas 

3.5 Tecnologias para mobilidade 

3.6 Outras tecnologias 

4. Internet das Coisas 

4.1 Conceituação: IoT e seu ecossistema 

4.2 Dispositivos inteligentes 

4.3 Interação: entre dispositivos, dispositivos/pessoas e dispositivos/ambiente 

4.4 Computação sensível a contexto e ambientes inteligentes 

5. Impactos da Internet Ubíqua 

5.1 Benefícios e malefícios da nova tecnologia na vida dos usuários 

5.2 A difusão da informação em redes sociais e miniblogs 

5.3 Internet Ubíqua como ferramenta de gestão sustentável 

5.4 Discussões sobre privacidade 

5.5 Outras discussões 

6. Estudos de Casos de Mobilidade e Internet das Coisas  

1. O Que são Negócios Digitais. 
2. Evolução dos Negócios Digitais no Brasil e no Mundo. 
3. Caracterização de Produtos e sua Venda na Internet. 
4. Principais Parceiros dos Negócios Digitais. 
5. Modelos de Negócios Digitais. 
5.1. Principais Modelos. 
5.2. Parceiros de Negócio. 
5.3. Principais Competências. 
5.4. Fatores Críticos de Sucesso. 
5.5. Fontes de Renda. 
6. Estratégia de Mercado 
6.1. Criação de Valor para Mercado. 
6.2. Estratégicas junto ao Cliente. 
6.3. Estratégias para Cadeia de Suprimento. 
6.4. Estratégias para M-Commerce e U-Commerce. 
7. Estudos de Casos 
7.1. Empresas Virtuais e Produtos de Terceiros - Amazon. 
7.2. Empresas Virtuais e Produtos Próprios - Dell, Natura. 
7.3. Empresas Físicas e Produtos de Terceiros - Livraria Cultura, Sistema de Varejo. 
7.4. Empresas Físicas e Produtos Próprios - Gap, Vitoria Secret, Boticário. 

1. Revoluções Industriais 

1.1. Origem das revoluções industriais. 

1.2. Principais características. 

1.3. Impactos na geração de empregos e profissões. 

1.4. Evolução da tecnologia ao longo do tempo. 

2. Era da Transformação Digital 

2.1. O que é Transformação Digital? 

2.2. Como o mundo e as organizações estão enfrentando estas mudanças. 

2.3. Impactos da transformação digital nas novas gerações. 

2.4. Como as gerações mais antigas podem se adaptar. 

2.5. Impactos da transformação Digital no mercado de trabalho. 

3. Robotização e automação do trabalho 

3.1. A evolução da robótica. 

3.2. Os robôs digitais. 

3.3. Impacto da introdução dos robôs nas atividades administrativas das empresas. 

3.4. Impactos da robotização no mercado de trabalho. 

4. Transformação Cognitiva 

4.1. A era cognitiva. 

4.2. Impacto da Inteligência artificial em nossas vidas e nas organizações. 

4.3. Impacto da Inteligência artificial no trabalho. 

5. Estudos de Caso - Impacto da Robotização e Inteligência Artificial em? 

5.1. Indústria Automotiva. 

5.2. Setor Financeiro. 

5.3. Setor de Serviços. 

5.4. Setor da Saúde. 

6. Transformação digital e impacto na educação 

6.1. Profissões do futuro. 

6.2. Competências necessárias para atuar no mundo Digital. 

6.3. Desenvolvimento de habilidades pelos profissionais. 

6.4. Impacto das transformações Digitais e Cognitivas no modelo educacional. 

6.5. Impacto das mudanças nas organizações Locais e Globais. 

7. Organizações exponenciais 

7.1. As novas tecnologias e o advento das organizações exponenciais. 

7.2. Crescimento linear vs. Crescimento exponencial. 

7.3. Explorando as características de uma organização exponencial. 

7.4. O perfil do profissional das organizações exponenciais.

1. Real X Virtual, Imersão, Presença e Embodiment e Empatia;

2. Evolução da Realidade Virtual, da Realidade Aumentada e dos Metaversos;

3. Tecnologias de Hardware e Software para Mídias Imersivas;

4. Distância transacional e redução de distâncias por meio de Mídias Imersivas;

5. Interatividade, Jogos e Gamificação;

6. Imagens e vídeos imersivos 360;

7. Educação Imersiva: possibilidades, desafios, tendências e perspectivas;

8. Desenvolvimento de Conteúdos e Aplicações Imersivos;

9. Tendências e Desafios das Tecnologias Imersivas;

10. Estudos de caso

1. Conceitos básicos de segurança da informação 
2. Normas de segurança e boas práticas 
2.1 Família ISO 27000 
2.2 COBIT (Control Objectives for Information and related Technology) 
2.3 Política de Segurança 
3. Riscos 
3.1 Ameaças 
3.2 Vulnerabilidades 
3.3 Nível do risco aceitável 
4. Engenharia Social 
5. Serviços e Mecanismos de Segurança 
5.1 Criptografia simétrica e assimétrica 
5.2 Resumos criptográficos, assinatura digital e autenticação 
5.3 Infra-estrutura de chaves-públicas 
5.3.1. Hierarquias de certificaçao 
5.3.2. Caso do ICP brasil 
5.4 Controle de acesso: Firewalls e Proxies 
5.5 Sistemas de detecção/prevenção de intrusão 
5.6 Autenticação: Biometria, Senhas, Tokens 
6. Impacto de Problemas de Segurança em Métricas de Sustentabilidade 
7. Exemplos práticos de soluções de segurança 

1. Sistemas Distribuídos:

1.1. Características e desafios

1.2. Arquitetura P2P

1.3. Mecanismo de busca e propagação: broadcast, DHT

2. Fundamentos de segurança da informação (recapitulação)

2.1. Confidencialidade: cifras

2.2. Integridade: hash

2.3. Autenticidade: códios de autenticação

2.4. Irretratabilidade: assinatura digital, certificação digital

3. Blockchain sem o hype

3.1. Motivação para blockchain

3.2. Estruturas de dados: transação (registro), bloco, encadeamento de blocos, árvore de Merkle

3.3. Mecanismos de funcionamento: propagação de eventos (gossip), validação de blocos, consenso distribuído, soft forks

3.4. Mecanismos de consenso: sistemas abertos (proof-of-work, proof-of-stake, ...) e sistemas controlados (consenso bizantino, sorteio justo, ...)

3.5. Conceitos avançados: hard forks, provas de conhecimento-zero, locked transactions, smart contracts, mutabilidade

3.6. Exemplos de aplicações e não-aplicações

3.7. Tecnologias concorrentes: sistemas de arquivos distribuídos (Freenet, BitTorrent, IPFS, Hadoop)

3.8. Tecnologias auxiliares: Tor & navegação anônima

3.9. Demonstrações e experimentos práticos.

1. Origem da startup enxuta 
2. O que é uma startup 
3. Método: 
3.1. Empreender é Administrar 
3.2. Aprendizagem validada 
3.3. Experimentação - Construir, Medir e Validar 
3.4. Contabilidade para Inovação. 
4. Estratégia é hipótese 
5. Produto mínimo viável 
6. Métrica para o sucesso 
7. Pivotar ou perseverar 
8. A magia dos pequenos lotes 
9. Implementação contínua 
10. Os motores do crescimento 
11. Desenvolvimento de clientes 
12. Organização adaptativa 
13. Inovação radical 
14. Métodos ágeis 

1 Conceituação de Computação Verde 
2 Panorama da Residuos de Equipamentos Eletroeletrônicos no Brasil e no Mundo 
3. Padrões de Gestão Ambiental 
3.1 Padrão de Gestão Ambiental ISO 14.000 
3.2 Padrões Europeus 
ROHS (Restriction of Hazardous Substances) 
WEEE (Waste from Electrical and Electronic Equipment) 
3.3 Padrão Americano - EPEAT (Electronic Product Environmental Assessment Tool) 
4 Legislações e Politicas Brasileiras e Internacionais relacionadas 
5 Práticas de Reuso, Reciclagem e Descarte de Equipamentos Eletro-Eletrônicos. 
5.1 Acondicionamento de Residuos Eletroeletrônicos 
5.2 Coleta e Transporte de Resíduos Eletroeletrônicos 
5.3 Tratamento e Disposição Final de Residuos Eletroeletrônico 
6 Plano de Gerenciamento de Residuos Eletronicos - Orientações para Elaboração dos Planos 
6.1 Organização do processo de gerenciamento. 
6.2 Definição das diretrizes e estratégias. 
6.3 Metas, programas e recursos necessários . 
6.4 Definição dos parceiros do plano (recicladores, cooperativas, catadores) 
6.5 Definição de ferramentas de acompanhamento, controle, e avaliação da implementação do Plano 
7. Estudos de Casos 

1. Finanças e Desenvolvimento Sustentável. 
2. Princípios Contábeis, Balanço Patrimonial e Demonstração de Resultados do Exercício. 
3. Indicadores de desempenho financeiro - sistema DuPont. 
4. Efeitos de questões socioambientais no desempenho financeiro das organizações. 
5. Relatórios de sustentabilidade - modelo GRI, DINSA e DVA. 
6. Convergências e contradições entre o relato financeiro e relato socioambiental 
7. Carteiras de ações fundamentadas em sustentabilidade. 

1. Introdução 
1.1. Motivação 
1.2. Conceitos e noções básicas: desenvolvimento sustentável, sustentabilidade, pilares da sustentabilidade, gestão para sustentabilidade. 
1.3. Resgate histórico. 
1.3.1. Formação sociedade contemporânea. 
1.3.2. Micro e Macro Perspectiva. 
2. Macro Perspectiva 
2.1. Economia Verde - Desafios da sustentabilidade e tendências para setores e negócios no século XXI 
2.2. Consumo nas sociedades contemporâneas 
2.3. Práticas Sustentáveis na esfera do Estado, da sociedade civil e do mercado. 
3. Micro Perspectiva 
3.1. Evolução do Conceito de Responsabilidade Socioambiental 
3.2. Gestão Empresarial com base na Responsabilidade Socioambiental 
3.2.1. Desafios da Sustentabilidade e Impactos Socioambientais da Empresa 
3.2.2. Tendências e Perspectivas para o Negócio 
3.2.3. Motivações e Pressões para a Adoção de Estratégias Socioambientais nas empresas 
3.2.4. Modelo de multistakeholders de uma organização empresarial. 
4. Estudos de caso 

1. Os grandes desafios do Mercado de Tecnologias Digitais 
2. O Mercado de Tecnologias Digitais no Brasil e no mundo 
3. Tendências em Tecnologias Digitais 
3.1 Sistemas de Computação 
3.2 Mobilidade e Comunicação digital. 
3.3 Objetos Inteligentes e a Internet das Coisas 
3.4 Big Data e Sistemas Cognitivos 
3.5 Virtualização e Computação em Nuvem 
3.6 Redes Definidas por Software 
3.7 Segurança, Confiança e Privacidade 
3.8 BLockChain e Seus Impactos 
3.9 Aplicações Orientadas a Contexto 
4. O Impacto das Novas Tecnologias nos Negócios 
4.1 Industria 4.0 
4.2 FIntechs e Sistemas Financeiros 
4.3 Precificação e Contabilização Dinâmica 
5. O Papel da Sustentabilidade 
5.1 A transformação em Negócios Sustentáveis 
5.2 A Sustentabilidade como oportunidade de Novos Negócios. 
6. Tecnologias Digitais e Novos Paradigmas de Transformação da Sociedade 
7. Análise dos Estudos de Casos 

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

No cenário atual, a sociedade moderna está cada vez mais envolvida pelas Tecnologias Digitais, atravessando os âmbitos familiares, de amizades e profissionais. Hoje, torna-se essencial que todas as pessoas, de alguma maneira, adquiram conhecimentos sobre o uso dessas tecnologias. Conhecer tecnologias como Computação em Nuvem, Redes Móveis, Inteligência Artificial, Internet das Coisas, Big Data, Blockchain e Segurança CibernéKca é crucial para profissionais que desejam se destacar de maneira única e inovadora no mercado.

A adoção das tecnologias digitais é a base para a transformação digital que as empresas vêm enfrentando. Esse processo não apenas abre portas para a inovação digital, mas também propicia a criação de novos modelos de negócio. Paralelamente à crescente adoção das tecnologias digitais, emerge um tema de extrema relevância: a sustentabilidade.  A implantação de soluções digitais nos conduz a um consumo crescente de energia elétrica e ao uso de recursos naturais nem sempre renováveis, além da geração de resíduos eletrônicos ao final do ciclo de vida dos dispositivos eletrônicos. Assim, desafios importantes envolvem o uso sustentável de tecnologias digitais, bem como o emprego de tecnologias para tornar as atividades humanas mais amigáveis ao meio ambiente.

É hora de trilhar o caminho rumo ao Futuro Digital Sustentável. Esteja preparado para enfrentar os desafios da inovação, com uma visão responsável e consciente. O MBA POLI USP Sustentabilidade e Tecnologias Digitais não é apenas uma oportunidade de destaque no mercado, é um compromisso em prol da vida e da prosperidade de nosso planeta. Venha fazer parte desta transformação!

Objetivos

Desenvolver e consolidar conhecimentos teóricos e práticos sobre as tecnologias digitais, incluindo Computação em Nuvem, Mobilidade e Internet das Coisas, Big Data, Inteligência Artificial, Blockchain e sua aplicação na geração de inovação digital e de negócios sustentáveis. As Tecnologias Digitais tem causado grandes transformações nas atividades humanas. Vivemos numa sociedade cada vez mais conectada com novas profissões sendo criadas e outras desaparecendo. Discutem-se, então, os impactos de tais tecnologias na sociedade, nas profissões do futuro e no próprio meio ambiente em que vivemos e como tais tecnologias devem ser usadas para maximizarem o retorno aos negócios das empresas e fomentarem ações e soluções sustentáveis.

Público-Alvo
O público alvo são gestores, lideres de projetos e profissionais, usuários ou geradores de soluções baseadas em Tecnologias Digitais e orientados a metas de desempenho do negócio e/ou sustentabilidade.

Entenda melhor o escopo e objetivos do curso, assistindo aos vídeos:

Vídeo 1 – Transformação Digital e seu Impacto nas empresas e seus funcionários
Vídeo 2 – Tecnologias Digitais e Inovação Sustentável
Vídeo 3 – Novo Profissional do Mercado
Vídeo 4 – Qual foi o impacto do MBA USP Tecnologias Digitais e Inovação Sustentável na sua empresa?
Vídeo 5 – Por que fazer o MBA USP Tecnologias Digitais e Inovação Sustentável?
Vídeo 6 – Digitalização das Empresas dentro da perspectiva de Inovação Sustentável
Vídeo 7 – Prof. Rony Sakuragui fala sobre a disciplina de Inovação Tecnológica
Vídeo 8 – Prof. Alexandre Igari fala sobre a disciplina Sustentabilidade Uma Visão Financeira

Local & horário realização do curso

As aulas serão ministradas no formato a distância, ao vivo, no horário noturno, das 19h30 às 22h30, de segunda-feira, terças-feiras, quartas-feiras e quintas-feiras.

As  avaliações  finais  das disciplinas,  bem  como  a  apresentação  da  monografia  serão realizadas no formato a distância, ao vivo. A monografia, desenvolvida de forma individual, será avaliada por uma banca de professores. E o tema deverá ser pertinente à Tecnologias Digitais e Inovação Sustentável.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

O corpo docente é formado pelos professores doutores da Universidade de São Paulo e pelos especialistas convidados.

Coordenação:
Tereza Cristina Melo de Brito Carvalho  (EPUSP)

Vice-Coordenação:
Marcos Antônio Simplício Junior (EPUSP)

Professores Colaboradores:

Alexandre Toshiro Igari (EACH)
Anarosa Alves Franco Brandão (EPUSP)
Carlos Eduardo Cugnasca (EPUSP)
Marcos Antonio Simplicio Junior (EPUSP)
Pedro Luiz Pizzigatti Corrêa (EPUSP)
Romero Tori (EPUSP)
Sylmara Lopes Francelino Gonçalves Dias (EACH)
Tereza Cristina Melo de Brito Carvalho (EPUSP)

Professores Especialistas:

Alberto Marcelo Parada
André Aguiar Santana
Claudia Calmon Lemme
Cristina de Moura João
Emanuel Fernandes de Queiroz
Fatima Regina de Toledo Pinto
Luiz Henrique Leite Rosa
Maria Lúcia Diniz
Márcia Cristina Machado
Mauro Cesar Bernardes
Mônica Kalil Pires
Patricia Cristina do Nascimento Souto
Persival Balleste Prado
Rony Rogério Martins Sakuragui
Talita Rosolen
Vera Kaiser Sanches Kerr

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

O investimento deste curso:

24 (vinte e quatro) parcelas mensais e consecutivas de R$ 945,00*

Vantagens no ato da matrícula:

a) Pagamento à vista tem 5% de desconto;
b) Desconto de 10% para ex-alunos da Escola Politécnica e respectivos parentes;
c) Descontos de parcerias com empresas. Verifique com o RH de sua entidade;
d) Desconto de 20% (vinte por cento) para aluno, e candidato por ele indicado, que efetuem matrícula na mesma turma do curso, nas condições da “Promoção 20%“;
e) Negociação especial para grupos da mesma empresa, ou coligadas.

Para maiores informações, por favor, entrar em contato com a nossa Central de Apoio ao Aluno:
Atendimento online:  de segunda-feira à sexta-feira, das 08h30 às 19h30.
E-mail: atendimento@pecepoli.com.br

* valor reajustado anualmente pelo IPC (FIPE), acumulado 12 meses. 

 

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Processo seletivo
1. O interessado em participar do Processo Seletivo deste curso deverá proceder da seguinte forma:
a) Preencher a Ficha de Inscrição;
b) Efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais), através de boleto bancário. O boleto bancário será enviado automaticamente para sua caixa postal logo após o preenchimento e envio da ficha de inscrição.

2. Seleção:
A seleção será feita com base nas informações fornecidas pelo interessado na “Ficha de Inscrição”.
Caso o interessado seja aprovado, receberá e-mail do Centro de Apoio ao Aluno, com instruções para efetivar sua matrícula.

Lembre-se que, a participação no processo seletivo só será possível com a confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

Datas de inscrição e matricula:
Inscrições: a partir de 18/12/2023.
Resultado: por e-mail ou telefone.
Matrículas: a partir 18/01/2024
Início das Aulas: 13/05/2024

Matrícula no curso
Para matricular-se neste curso o interessado deve ter sido aprovado no respectivo processo seletivo, enviar a documentação regularmente exigida, através do link que será disponibilizado no ato da convocação da matrícula e efetuar a pagamento da primeira parcela:

Documentação exigida:

a) Cédula de identidade- RG;
b) Cadastro de pessoa física(CPF);
c) Diploma de conclusão de curso superior;
d) Comprovante de residência;
e) Foto 3X4 recente e
f) Termo de compromisso de pagamento das parcelas financeiras referentes ao valor de investimento do curso.

A efetivação da sua matrícula deverá ser devidamente confirmada pelo Centro de Apoio ao Aluno. A matrícula somente será considerada efetuada mediante o nosso recebimento da documentação exigida e do pagamento da primeira parcela.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Certificação USP


Para que o aluno conquiste o certificado do curso de MBA POLI USP Sustentabilidade e Tecnologias Digitais – Síncrono/ao vivo, emitido oficialmente pela Universidade de São Paulo, deverá ser aprovado em todas as disciplinas exigidas pelo programa do curso, com nota mínima de 7,0 e presença acima ou igual a 75%, assim como a aprovação da sua monografia pela banca examinadora.

Certificado USP

Processo de inscrição

Para realizar a inscrição e participar do Processo Seletivo o candidato deverá proceder da seguinte forma:

PRÉ-REQUESITOS

Espera-se dos candidatos, sólida formação superior, conhecimentos básicos de inglês e experiência profissional.

PAGAMENTO

Efetue o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (Cento e cinquenta reais), por meio de boleto bancário, enviado automaticamente para o e-mail cadastrado.

SELEÇÃO

A seleção será feita com base nas informações fornecidas pelo interessado na “Ficha de Inscrição”. Caso o interessado seja aprovado, receberá e-mail do Centro de Apoio ao Aluno, com instruções para efetivar sua matrícula.

Só será possível participar do processo seletivo, após a confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - PECE/EPUSP reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Estrutura
de qualidade

Histórias de Sucesso

Torne-se um líder produtivo no mercado.

Logo PECE - Escola Politécnica da USP

PROMOÇÃO "INDIQUE UM ALUNO"


Para incentivo ao estudo e desenvolvimento das atividades de extensão, bem como criar uma oportunidade de benefício e estímulo para os nossos alunos, a Coordenação informa que está vigente a Promoção para bonificação de 1 (uma) mensalidade ao aluno, para cada indicação de candidato que realize matricula em nova edição do referido MBA.

O benefício da bonificação segue às seguintes condições:

  1. O aluno deverá solicitar ao candidato que coloque, expressamente, o seu nome completo, como indicante, no campo “Pesquisa - Outros” na Ficha de Inscrição;
  2. O crédito de bonificação ocorrerá no prazo de 30 (trinta) dias após a efetivação da matrícula do candidato indicado;
  3. Não serão computadas as matrículas canceladas em que o valor da primeira mensalidade tenha sido devolvido pela FUSP ao aluno indicado;
  4. A quantidade de mensalidades abonadas será limitada ao número de mensalidades pendentes do aluno indicante, e não será possível a criação, ou repasse, de nenhum tipo de crédito por indicação superior a esse limite.

Logo PECE - Escola Politécnica da USP

PROMOÇÃO "20%"


Para incentivo ao estudo e desenvolvimento das atividades de extensão, bem como criar uma oportunidade de benefício e estímulo para os nossos alunos, a Coordenação informa que está vigente a Promoção 20% para concessão de desconto, máximo, de 20% (vinte por cento) sobre o valor do curso, não cumulativo com esta ou outras promoções, para aluno e candidato por ele indicado, que se matriculem na mesma turma do curso.

O benefício segue às seguintes condições:

  1. O aluno deverá solicitar ao candidato que coloque, expressamente, o seu nome completo, como indicante, no campo “Pesquisa - Outros” na Ficha de Inscrição;
  2. A concessão do benefício de desconto de 20% ocorrerá no prazo de 30 (trinta) dias após a efetivação das matrículas de ambos os alunos, indicante e indicado;
  3. No ato da matrícula, ambos pagarão a primeira parcela do curso no valor nominal sem desconto. O valor correspondente ao desconto dessa primeira parcela será compensado na segunda parcela mensal;
  4. O benefício da Promoção 20% não se efetivará para nenhum dos beneficiários, se o valor da primeira parcela tenha sido devolvido pela FUSP a quaisquer destes beneficiários por cancelamento de matrícula.