Automação e Proteção de Sistemas Elétricos (IEC 61850) – Síncrono/ao vivo - pecepoli

TENHO INTERESSE - Difusão
Automação e Proteção de Sistemas Elétricos (IEC 61850) – Síncrono/ao vivo

Pacman


Dúvidas?
Para maiores informações, por favor, entrar em contato com a nossa Central de Apoio ao Aluno:
Atendimento online : de segunda-feira à sexta-feira, das 08h30 às 20h00.
E-mail: atendimento@pecepoli.com.br

Difusão

Automação e Proteção de Sistemas Elétricos (IEC 61850) – Síncrono/ao vivo

Os esquemas de automação e proteção de sistemas elétricos vêm evoluindo drasticamente nos últimos anos, principalmente devido ao aumento da demanda de potência e a introdução de novas tecnologias tais como geração distribuída, veículos elétricos, smart meters, etc.

• Carga Horária
36h
• Duração
12 semanas
• 4ª feiras
18h30 - 21h30
• Início das Aulas
08/09/2021

Conteúdo

O Curso de Difusão em “Automação e Proteção de Sistemas Elétricos (IEC 61850)” terá duração de 36 horas, sendo realizado as 4ª feiras, das 18h30 às 21h30.

Ementas das Disciplinas

1. IEC 61850 - Conceitos gerais, características, benefícios e interoperabilidade

2. Histórico de desenvolvimento de sistemas proteção e automação elétricas: fiação física, sistemas digitais, UTR (Unidade Terminal Remota), protocolos proprietários, protocolos abertos, Smart Grid

3. Topologias e arquiteturas de redes de automação de sistemas elétricos - Protocolos PRP e HSR

4. Protocolos de comunicação no IEC 61850: GOOSE, MMS, SV

5. Tempos de atuação de dispositivos de proteção por de fiação física (hardwired) e de redes IEC 61850

6. Virtualização de equipamentos do sistema elétrico: Logical Devices (LD) e Logical Nodes (LN)

7. Logical Nodes para medição, proteção e controle para automação de sistemas elétricos

8. Arquivos de configuração IEC 61850 de Sistema (SSD), de Subestação (SCD) e de IEDs (ICD/CID)

9. Sincronismo de tempo através de rede Ethernet: Protocolos SNTP e PTP

10. Barramento de processo, Merging Units (MU) e Sampled Values (SV)

11. Exemplos de aplicações de sistemas de proteção e automação com base em IEDs e em IEC 61850

12. Segurança cibernética na automação de sistemas elétricos de potência (cyber security)

13. Interfaces do sistema de automação do sistema elétrico com o sistema de automação de processo

14. Testes de Aceitação de Fábrica (FAT) e Testes de Aceitação de Campo (TAC) de sistemas de automação elétrico com base nas normas da Série IEC 61850

15. Aspectos da norma ABNT IEC TR 61850-90-4 - Redes e sistemas de comunicação para automação de sistemas de potência - Parte 90-4: Orientações sobre engenharia das redes.


Critério geral de aprovação e obtenção do certificado
O certificado do Curso de Difusão, é emitido oficialmente pelo Universidade de São Paulo, e está condicionado à aprovação do aluno na avaliação, nota mínima de 7.0, com presença superior ou igual a 75%.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Os esquemas de automação e proteção de sistemas elétricos vêm evoluindo drasticamente nos últimos anos, principalmente devido ao aumento da demanda de potência e a introdução de novas tecnologias tais como geração distribuída, veículos elétricos, smart meters, etc. Para viabilizar tais transformações no setor elétrico, os dispositivos eletrônicos inteligentes – Intelligent Electronic Devices (IED) – surgem como dispositivos cada vez mais presentes e necessários na gestão da operação e da segurança da infraestrutura da transmissão e da distribuição da energia elétrica.
O padrão de comunicação IEC 61850 é um padrão internacional que define protocolos de comunicação para dispositivos eletrônicos inteligentes em subestações elétricas e faz parte da arquitetura de referência para sistemas de energia elétrica. O padrão IEC 61850 tem o papel de assegurar a interoperabilidade entre IEDs, isto é, a troca de informações entre IEDs mesmo que sejam de diferentes modelos e diferentes fabricantes, de modo que as mesmas possam ser compartilhadas de forma rápida e segura. Para tal, o padrão determina diferentes níveis de prioridade para as mensagens, subdividindo-as em ALTA (para grandezas analógicas e sinais de disparo, bloqueio, intertravamento, etc.), MÉDIA (para o estado de equipamentos e controle) e BAIXA (para transferências de arquivos contendo dados de oscilografias, relatórios de falta, etc.). As aplicações e a transmissão são independentes e diversas, permitindo atualização dessas funções sem alterar bases de dados e a estrutura de software. Por fim, o padrão IEC 61850 também utiliza a camada ETHERNET e TCP/IP para comunicação, dispondo de uma capacidade de transferência de dados de diferentes prioridades no mesmo canal de 100 Mb/s.
A disponibilidade do padrão IEC 61850 constitui uma grande evolução em conceitos de automação dos sistemas elétricos de potência, impactando inclusive as funcionalidades de proteção do mesmo, devido ao conceito de integração de sistemas proposto. Dentre as vantagens em se evoluir para tal sistema integrado, pode-se destacar:
O desenvolvimento expressivo da comunicação digital, possibilitando o uso de redes de comunicação local (LAN) e remota (WAN) confiáveis e rápidas;
A crescente demanda por informações sobre o sistema elétrico e seus equipamentos;
A necessidade de redução de custos em razão do ambiente competitivo entre as empresas;
O uso crescente de relés e outros equipamentos digitais inteligentes;
A necessidade de atendimento a usuários diversos (operação, manutenção, engenharia da proteção, análise de faltas, estatísticas de faltas, níveis gerenciais etc.);
A sensível redução da cablagem e do hardware de interface com o processo;
A possibilidade de compartilhamento das informações do processo entre os IEDs;
A extensão da redundância da proteção para as funções de automação e controle;
O aumento das funções de automação e monitoração com redução de custo; e outros.
Dada a mudança disruptiva proporcionada pelo padrão IEC 61850 na proteção e automação dos sistemas elétricas de potência, o presente curso se faz necessário como alternativa para auxiliar engenheiros e técnicos que atuam no setor de energia elétrica, de modo a preparar os mesmos para um nova realidade, envolvendo: o compartilhamento da capacidade de processamento e memória dos IEDs; o uso de automação distribuída, proteção adaptativa e sistemas especialistas que se tornarão cada vez mais comuns; o projeto de barramentos de processo, com o uso de equipamentos (TC, TP, disjuntores, transformadores, etc.) com interface digital em rede com os IEDs; a aquisição de grande parte dos dados diretamente dos relés através da rede de comunicação (incluindo transferência de dados de RDP, SOE, CLP, etc.); a troca de ações de controle entre IEDs para diversas funções como chaveamento automático sequencial, controle de bancos de capacitores, intertravamentos, etc.; o uso de sistemas de automação e IHM redundantes (retaguarda adicional conectando-se um laptop às UAC ou aos nós da rede de comunicação); os edifícios de controle das subestações e usinas de porte menor; a proteção digital intra e inter-subestações, utilizando fasores sincronizados com alta precisão, envolvendo rede de IEDs; o uso da Tecnologia Orientada a Objetos (OOT) para modelagem do sistema e comunicação de dados; a interconectividade de IEDs de diferentes fornecedores para que os mesmos possam interoperar e ser intercambiáveis; aplicação de software e hardware “a prova do futuro”, ou seja, que possibilitam acompanhamento da evolução da tecnologia através de atualizações facilmente implementáveis.

Objetivo
Este curso tem como objetivo abordar o fato de que os Intelligent Electronic Devices (IEDs) atuais têm capacidade de assumir, além das funções de proteção, funções de aquisição de dados, controle, monitoração, intertravamentos e automação em subestações e usinas, bem como compartilhar esses dados com outros IED, através de uma rede LAN. O curso mostra ainda as vantagens de se evoluir para sistemas integrados com base nas normas da Série IEC 61850, apresentando exemplos de arquitetura para sistemas integrados, comentando sobre as possibilidades de integração dos sistemas de proteção e automação com os esquemas de proteção sistêmica e mencionando como as Normas da Série IEC 61850 podem ser aplicadas para solucionar problemas de expansões nos sistemas elétricos de potência e assegurar a operabilidade e a interoperabilidade. Este curso compreende também uma parte prática, de modo a permitir que os alunos sejam capazes de exercitar os conceitos estabelecidos pelas normas da Série IEC 61850.

Público Alvo
Visa contemplar candidatos com curso técnico ou superior, em andamento ou completo, e com interesse voltado às áreas técnicas, científicas e regulatórias de trabalho em sistemas de automação e proteção de sistemas elétricos.

Local & Horário de realização do curso
As aulas serão realizadas, às quartas-feiras, não presenciais (mas síncronas), das 18h30 às 21h30.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

O corpo docente é formado pelos professores doutores do Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétrica da Escola Politécnica da USP e pelos especialistas convidados.

A coordenação acadêmica está a cargo do Prof. Dr. Eduardo Lorenzetti Pellini

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Certificação USP


Para que o aluno conquiste o certificado do curso de Automação e Proteção de Sistemas Elétricos (IEC 61850) – Síncrono/ao vivo, emitido oficialmente pela Universidade de São Paulo, deverá ser aprovado na disciplina exigida pelo programa do curso, com nota mínima de 7,0 e presença acima ou igual a 75%.

Certificado USP

Processo de inscrição

Para realizar a inscrição e participar do Processo Seletivo o candidato deverá proceder da seguinte forma:

PRÉ-REQUISITOS

Espera-se dos candidatos, sólida formação técnica ou superior, conhecimentos básicos de inglês e experiência profissional.

PAGAMENTO

Efetue o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (Cento e cinquenta reais), por meio de boleto bancário, enviado automaticamente para o e-mail cadastrado.

SELEÇÃO

A seleção será feita com base nas informações fornecidas pelo interessado na “Ficha de Inscrição”. Caso o interessado seja aprovado, receberá e-mail do Centro de Apoio ao Aluno, com instruções para efetivar sua matrícula.

Só será possível participar do processo seletivo, após a confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - PECE/EPUSP reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Estrutura
de qualidade

Histórias de Sucesso

Torne-se um líder produtivo no mercado.

Logo PECE - Escola Politécnica da USP

PROMOÇÃO "INDIQUE UM ALUNO"


Para incentivo ao estudo e desenvolvimento das atividades de extensão, bem como criar uma oportunidade de benefício e estímulo para os nossos alunos, a Coordenação informa que está vigente a Promoção para bonificação de 1 (uma) mensalidade ao aluno, para cada indicação de candidato que realize matricula em nova edição do referido MBA.

O benefício da bonificação segue às seguintes condições:

  1. O aluno deverá solicitar ao candidato que coloque, expressamente, o seu nome completo, como indicante, no campo “Pesquisa - Outros” na Ficha de Inscrição;
  2. O crédito de bonificação ocorrerá no prazo de 30 (trinta) dias após a efetivação da matrícula do candidato indicado;
  3. Não serão computadas as matrículas canceladas em que o valor da primeira mensalidade tenha sido devolvido pela FUSP ao aluno indicado;
  4. A quantidade de mensalidades abonadas será limitada ao número de mensalidades pendentes do aluno indicante, e não será possível a criação, ou repasse, de nenhum tipo de crédito por indicação superior a esse limite.

Logo PECE - Escola Politécnica da USP

PROMOÇÃO "20%"


Para incentivo ao estudo e desenvolvimento das atividades de extensão, bem como criar uma oportunidade de benefício e estímulo para os nossos alunos, a Coordenação informa que está vigente a Promoção 20% para concessão de desconto, máximo, de 20% (vinte por cento) sobre o valor do curso, não cumulativo com esta ou outras promoções, para aluno e candidato por ele indicado, que se matriculem na mesma turma do curso.

O benefício segue às seguintes condições:

  1. O aluno deverá solicitar ao candidato que coloque, expressamente, o seu nome completo, como indicante, no campo “Pesquisa - Outros” na Ficha de Inscrição;
  2. A concessão do benefício de desconto de 20% ocorrerá no prazo de 30 (trinta) dias após a efetivação das matrículas de ambos os alunos, indicante e indicado;
  3. No ato da matrícula, ambos pagarão a primeira parcela do curso no valor nominal sem desconto. O valor correspondente ao desconto dessa primeira parcela será compensado na segunda parcela mensal;
  4. O benefício da Promoção 20% não se efetivará para nenhum dos beneficiários, se o valor da primeira parcela tenha sido devolvido pela FUSP a quaisquer destes beneficiários por cancelamento de matrícula.