Planejamento de Instalações Elétricas - Tópicos Essenciais para o Desenvolvimento de Projetos – Síncrono/ao vivo - pecepoli

TENHO INTERESSE - Difusão
Planejamento de Instalações Elétricas – Tópicos Essenciais para o Desenvolvimento de Projetos – Síncrono/ao vivo

Pacman


Dúvidas?
Para maiores informações, por favor, entrar em contato com a nossa Central de Apoio ao Aluno:
Atendimento online: de segunda-feira à sexta-feira, das 08h30 às 20h00.
E-mail: atendimento@pecepoli.com.br

Difusão

Planejamento de Instalações Elétricas – Tópicos Essenciais para o Desenvolvimento de Projetos – Síncrono/ao vivo

Quando se trata de projetar uma edificação, uma boa instalação elétrica é crucial. Um projetista de instalações elétricas pode ser responsável por inúmeras funções, como energia, iluminação, aquecimento, refrigeração, ventilação, etc.

• Carga Horária Total
36h
• Duração
12 semanas
• Sábados
09h00 - 12h00
• Turma
2022
• Início das Aulas
05/02/2022

Conteúdo

O Curso de Difusão em “Planejamento de Instalações Elétricas – Tópicos Essenciais para o Desenvolvimento de Projetos” terá duração de 36 horas, sendo realizado aos Sábados, das 09h00 às 12h00.

Disciplinas

1.Qualidades básicas de uma instalação elétrica: confiabilidade, flexibilidade, economia.

2.Normalização

a.NBR 5410 - Instalações elétricas de baixa tensão

b.NBR 14039 - Instalações elétricas de média tensão de 1,0 a 36,2 kV

c.NBR 5419 - Proteção contra descargas atmosféricas

d.NBR 13570 - Instalações elétricas em locais de afluência de público - Requisitos específicos

e.NBR 13534 - Instalações elétricas de baixa tensão - Requisitos específicos para instalação em estabelecimentos assistenciais de saúde

f.NBR ISO 8995-1- Norma sobre iluminação em locais de trabalho

g.NR-10 -Segurança em instalações e serviços em eletricidade

h.ANEEL - Resolução normativa 414/2010

i.ANEEL - PRODIST MÓDULO 8 - Qualidade da energia elétrica

3.Etapas de um Projeto

a.Processo de levantamento de informações fundamentais

b.Como se deve realizar o estudo preliminar

c.Realização de anteprojeto

d.Desenvolvimento do projeto básico

e.Desenvolvimento do projeto executivo

f.Particularidade de projetos legais

g.Apresentação e discussão dos aspectos introduzidos pela Lei 8666 e NBR13531

4.Premissas do projeto

a.Classificação da instalação:

i.Quanto à finalidade: predial, industrial, comercial, hospitalar, etc.;

ii.Quanto aos tipos e características das cargas;

iii.Quanto à importância operacional e contingenciamento; 

iv.Particularidades das instalações.

b.Níveis de tensão

i.Fatores que afetam a seleção da tensão;

ii.Efeitos dos equipamentos a serem instalados;

iii.Segurança operacional;

iv.Aspectos normativos.

5.Centros de carga

a.Tipos;

b. Graus de proteção.

6.Localização dos centros de carga

a.Aspecto técnico;

b.Aspecto econômico;

c.Aspecto funcional;

d.Aspecto estético.

7.Desenvolvimento dos componentes principais:

a.Iluminação: níveis, reprodução de cor, etc.;

b.Tomadas: uso geral e específico;

c.Circuitação e setorização;

d.Alimentadores e distribuição de força;

e.Fatores de cálculo de alimentadores e queda de tensão;

f.Tipos de linhas elétricas: leitos, perfilados, busways, etc.;

g.Proteção, seletividade e coordenação;

h.Acionamentos;

i.Instalações complementares e automação;

j.SPDA e aterramento;     

k.Entrada de energia; 

l.Subestações: principal, unitárias e multimedição.

8.Fatores de projeto

a.Considerações iniciais;

b.Fator de demanda;

c.Fator de carga;

d.Fator de utilização;

e.Fator de simultaneidade; 

f.Potências instalada e demandada;

g.Fator de potência e harmônicas.

9.Enquadramento tarifário

a.Resolução 414 da ANEEL;

b.Aspecto operacional.

10.Interferências da instalação elétrica 

a.Instalação elétrica x produção;

b.Instalação elétrica x arquitetura;

c.Instalação elétrica e demais complementares.

11.Eficiência energética 

a.Equipamentos;

b.Operação e produção;

c.Controle da demanda;

d.Autoprodução.

12.GERAÇÃO DE EMERGÊNCIA E CO-GERAÇÃO

a.Grupos motores-geradores;

b.Co-geração.

13.REDUNDÂNCIA OU RESILIÊNCIA.

a.Instalações em missão crítica;

b.UPS e geradores;

c.Resiliência sistêmica.

14.CABEAMENTO ESTRUTURADO

a.Conceituação;

b.Aplicação.

15.APLICAÇÃO DE CONCEITOS - OPÇÃO 1 - PROJETO DE INSTALAÇÃO RESIDENCIAL

a.Projeto luminotécnico

i.Construção de modelo 3D das áreas da residência;

ii.Determinação dos pontos de iluminação e distribuição da potência luminosa das lâmpadas ao longo dos ambientes, observando os critérios mínimos estabelecidos por norma;

b.Projeto elétrico

i.Previsão de cargas, estimativa de crescimento de cargas;

ii.Dimensionamento dos circuitos, considerando capacidade de corrente e queda de tensão; 

iii.Quadros de distribuição: alocação dos quadros, dimensionamento das proteções contra curto-circuito, sobrecarga, falta de fase e choque elétrico;

iv.Cálculo da demanda máxima da instalação para efeito de dimensionamento do ramal de entrada e do quadro geral de distribuição.

v.Elaboração do processo de solicitação de fornecimento de energia junto à concessionária;

c.Projeto de PDA

i.Determinação do nível de proteção;

ii.Definição do sistema de captores;

iii.Dimensionamento das descidas laterais;

iv.Determinação dos pontos de aterramento;

16.APLICAÇÃO DE CONCEITOS - OPÇÃO 2 - PROJETO DE INSTALAÇÃO PREDIAL

a.Projeto luminotécnico

i.Construção de modelo 3D dos ambientes do apartamento-tipo;

ii.Construção de modelo 3D do condomínio;

iii.Determinação dos pontos de iluminação e distribuição da potência luminosa das lâmpadas ao longo dos ambientes do apartamento-tipo e do condomínio, observando os critérios mínimos estabelecidos por norma;

iv.Projeto da iluminação das vias de tráfego de pedestres e veículos do residencial;

b.Projeto elétrico

i.Projeto elétrico do apartamento típico: previsão de cargas, dimensionamento de cabos, proteções e quadro de distribuição;

ii.Projeto elétrico do condomínio (áreas comuns): previsão de cargas, dimensionamento de cabos, proteções e quadro de distribuição;

iii.Dimensionamento da entrada de energia a partir de metodologias baseadas em fator de simultaneidade;

iv.Harmonização com projeto arquitetônico;

c.Projeto de PDA

i.Definição do sistema de captores;

ii.Dimensionamento das descidas laterais;

iii.Determinação dos pontos de aterramento;

17.APLICAÇÃO DE CONCEITOS - OPÇÃO 3 - PROJETO DE ESTABELECIMENTO COMERCIAL

a.Projeto luminotécnico

i.Iluminação da área comum ao público - Determinação da temperatura de cor, da tecnologia de lâmpadas e da distribuição das luminárias ao longo do ambiente;

ii.Iluminação das áreas administrativas - Determinação dos pontos de iluminação, tipos de luminárias e fluxos luminosos mínimos;

iii.Iluminação da área externa - estacionamento coberto ou descoberto;

b.Projeto de refrigeração

i.Estimativa do fluxo de pessoas, insolação e fontes de calor (pessoas, equipamentos, etc); caracterização da condução de calor através das paredes, pisos e outros materiais;

ii.Utilização de parâmetros mínimos previstos em norma (NBR 16401) para dimensionamento da capacidade térmica (BTU/h) a ser suprida por aparelhos de refrigeração;

iii.Determinação do tipo de sistema de refrigeração e alocação de evaporadoras ou spots para saída de ar;

iv.Determinação do número de renovadores de ar para oxigenação do ambiente;

v.Determinação do tipo, potência e quantidade de máquinas condensadoras;

c.Projeto elétrico

i.Levantamento de cargas, previsão de crescimento de cargas e contabilização das cargas de refrigeração;

ii.Determinação dos circuitos, balanceamento de fases, dimensionamento das proteções;

iii.Dimensionamento dos quadros de distribuição de tomadas e iluminação e dos quadros relativos às cargas de refrigeração;

iv.Estimativa da demanda máxima para dimensionamento da subestação de consumidor (cabine primária.

Critério geral de aprovação e obtenção do certificado

O certificado do Curso de Difusão, é emitido oficialmente pelo Universidade de São Paulo, e está condicionado à aprovação do aluno na avaliação, nota mínima de 7.0, com presença superior ou igual a 75%.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Quando se trata de projetar uma edificação, uma boa instalação elétrica é crucial. Um projetista de instalações elétricas pode ser responsável por inúmeras funções, como energia, iluminação, aquecimento, refrigeração, ventilação, etc. Antes de iniciar um projeto, é imperativo consultar um projetista com qualificação e que seja apto a desenvolver um planejamento detalhado das atividades que deverão ser executadas. Após o início da construção, o projetista deve monitorar o trabalho dos instaladores, de modo a garantir que os serviços sejam realizados de acordo com os padrões do projeto e conforme as normas pertinentes. Alguns projetistas também mantêm os serviços mesmo após a conclusão da construção.
Um bom projetista de instalações elétricas desempenha um papel vital para garantir que o projeto seja energeticamente eficiente e sustentável. Um profissional inovador deve manter-se atualizado com os novos padrões de regulamentos sustentáveis e, até mesmo, com padrões mais rigorosos. Isso garante que a construção seja feita corretamente na primeira vez. Ter que refazer projetos é muito mais caro. Quando se trata de construir uma edificação, existem vários desafios de projeto de sistemas elétricos que parecem estar mudando continuamente. Nesse contexto, o presente curso visa contribuir para a complementação das qualificações profissionais dos alunos sob vários aspectos, como os seguintes:
Documentos de construção;
Energia sustentável, incluindo renovável e eficiência;
Teste de sistemas integrados para sistemas de controle, elétrico e HVAC;
Desenvolvimento de plataformas de modelagem 3D;
Padrões e incorporação de sistema de distribuição de energia inteligente, tecnologia de rede inteligente e controles de demanda de pico de carga inteligente e medição inteligente.
Um projetista de instalações elétricas qualificado tem algumas vantagens importantes, como bom foco no projeto, obtenção de economia significativa de tempo durante o estágio de desenvolvimento, incorporação de alterações com precisão e capacidade de modificar uma variedade de sistemas elétricos, se necessário. Além disso, um bom profissional deve ser capaz de calcular desempenho e custos e entender completamente sistemas elétricos complexos. Nesse sentido o presente curso contribui para reforçar as atribuições do projetista de instalações elétricas.
Por fim, nota-se hoje que boa parte do conhecimento especializado atrelado ao planejamento das instalações elétricas está vinculado a profissionais com bastante experiência e que, com o tempo, os mesmos estão saindo do mercado dada as aposentadorias dos mesmos. Uma das constatações para tal contexto é devido à dificuldade de renovação, já que o segmento exige bastante experiência prática. Nesse sentido, o presente curso se propõe a contornar essa situação através de uma abordagem objetiva e com o envolvimento de professores com grande experiência na área de projetos de instalações elétricas.

Objetivo
O presente curso concentra os conceitos básicos de projeto elétrico e fornece uma compreensão dos métodos usados para projetar sistemas de distribuição de energia de média e baixa tensão. É adotada uma abordagem prática para discutir circuitos elétricos, equipamentos e sistemas de baixa e média tensão, tipicamente utilizados em instalações industriais e comerciais. O curso enfatiza as normas brasileiras, enquanto ensina os fundamentos da geração, transmissão e distribuição elétrica, filosofia e procedimentos de projeto, materiais de construção, serviços, aterramento e qualidade de energia. Como o curso preparará o aluno para revisar os sistemas elétricos quanto à conformidade com as normas brasileiras, nenhuma experiência em projeto elétrico é necessária, pois todos os tópicos começam no nível básico. Depois de participar do presente curso, o aluno estará apto para:
– Aplicar os conceitos de projeto elétrico em suas situações de trabalho;
– Projetar sistemas elétricos em conformidade com as normas brasileiras;
– Determinar características de carga e fatores de demanda do seu sistema;
– Analisar correntes de falha em sistemas de corrente alternada e em equipamentos de distribuição;
– Aumentar a eficiência de sua subestação.
É importante destacar que o curso também compreende uma parte prática, de modo a permitir que o aluno desenvolva atividades utilizando softwares gratuitos de projeto luminotécnico, CAD, etc., dentre outras opções disponíveis.

Público Alvo
Visa contemplar candidatos com curso superior ou curso técnico, em andamento ou completo, e com interesse voltado para as áreas técnicas, científicas e regulatórias de trabalho.

Local & Horário de realização do curso
As aulas serão realizadas, aos Sábados, não presenciais (mas síncronas), das 09h00 às 12h00.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

O corpo docente é formado pelos professores doutores do Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétrica da Escola Politécnica da USP e pelos especialistas convidados.

A coordenação acadêmica está a cargo do Prof. Dr. Carlos Frederico Meschini Almeida.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

O investimento deste curso em “Planejamento de Instalações Elétricas – Tópicos Essenciais para o Desenvolvimento de Projetos”:

Valor total de R$ 2.580,00 ou em 3 parcelas mensais e consecutivas de R$ 860,00
Pagamento à vista tem 5% de desconto.

Para maiores informações, por favor, entrar em contato com a nossa Central de Apoio ao Aluno:
Atendimento online:  de segunda-feira à sexta-feira, das 08h30 às 20h00.
E-mail: atendimento@pecepoli.com.br

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Processo seletivo
1. O interessado em participar do Processo Seletivo deste curso deverá proceder da seguinte forma:
a) Preencher a Ficha de Inscrição;
b) Efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais), através de boleto bancário. O boleto bancário será enviado automaticamente para sua caixa postal logo após o preenchimento e envio da ficha de inscrição.
2. Seleção
A seleção será feita com base nas informações fornecidas pelo interessado na “Ficha de Inscrição”.

Caso o interessado seja aprovado, receberá e-mail do Centro de Apoio ao Aluno, com instruções para efetivar sua matrícula.
Lembre-se que, a participação no processo seletivo só será possível com a confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

Datas de inscrição e matrícula
Inscrições: a definir
Entrevista: não há.
Resultado: por e-mail ou telefone.
Matrículas: a definir
Início das Aulas: 05/02/2022

Matrícula no curso
Para matricular-se neste curso o interessado deve ter sido aprovado no respectivo Processo Seletivo.
O inscrito que for aprovado no Processo Seletivo, deverá nos apresentar no ato da matrícula, uma cópia simples (que será retida ) e original dos seguintes documentos:
a) CPF;
b) RG;
c) Diploma do curso superior;
d) Comprovante de residência;
e) 01 foto 3X4 recente;
f) Termo de compromisso de pagamento das parcelas financeiras referentes ao valor de investimento do curso.

A efetivação da sua matrícula deverá ser devidamente confirmada pelo Centro de Apoio ao Aluno.
A matrícula somente será considerada efetuada mediante o nosso recebimento de todos os documentos necessários acima mencionados.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (PECE/EPUSP) reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Certificação USP


Para que o aluno conquiste o certificado do curso de Planejamento de Instalações Elétricas – Tópicos Essenciais para o Desenvolvimento de Projetos – Síncrono/ao vivo, emitido oficialmente pela Universidade de São Paulo, deverá ser aprovado em todas as disciplinas do curso, com nota mínima de 7,0 e presença acima ou igual a 75%, assim como a aprovação da sua monografia pela banca examinadora.

Certificado USP

Processo de inscrição

Para realizar a inscrição e participar do Processo Seletivo o candidato deverá proceder da seguinte forma:

PRÉ-REQUESITOS

Espera-se dos candidatos, sólida formação superior, conhecimentos básicos de inglês e experiência profissional.

PAGAMENTO

Efetue o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (Cento e cinquenta reais), por meio de boleto bancário, enviado automaticamente para o e-mail cadastrado.

O valor da taxa será abatido na 2ª parcela do curso. Caso o candidato não seja aprovado, esse valor não será devolvido.

SELEÇÃO

A seleção será feita com base nas informações fornecidas pelo interessado na “Ficha de Inscrição”. Caso o interessado seja aprovado, receberá e-mail do Centro de Apoio ao Aluno, com instruções para efetivar sua matrícula.

Só será possível participar do processo seletivo, após a confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

ATENÇÃO! - O Programa de Educação Continuada da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - PECE/EPUSP reserva-se o direito de não realizar este curso, ou modificar sua data.

Estrutura
de qualidade

Histórias de Sucesso

Torne-se um líder produtivo no mercado.